quinta-feira, 20 de junho de 2013

Brasil: O Copo Transbordou!

E o Movimento que começou como “Passe Livre” tem sua primeira conquista de peso. Prefeituras e governos estaduais, país afora, recuaram nos aumentos ou reduziram suas tarifas dos transportes urbanos. Acuados não viram outra saída. Ou seja, o povo mostrou que tem mais força do que se supunha!

É óbvio que este movimento vem atrasado e ao mesmo tempo em boa hora. Em relação aos Estádios da Copa (que cismam em chamarem de Arena), por exemplo, as construções e desvios de verba já se concretizaram. Faltou nossa fiscalização e nossa mobilização durante o processo. As prefeituras, governos estaduais e o governo federal, despejaram rios de dinheiro e todas as obras, sem exceção, ficaram muito acima do previsto. Sem contar que as melhorias voltadas para mobilidade urbana não foram concluídas na grande maioria das cidades que serão sedes da Copa.

Os “Mensaleiros” acusados, condenados, inclusive com penas definidas estão atuando normalmente no Congresso, protegido por seus pares e provavelmente cumprirão seus mandatos, receberão suas verbas normalmente, mesmo tendo desviado milhões e milhões de reais dos cofres públicos. Mais um caso, que engolimos calados, na época da decisão do Congresso abrigar estes marginais.

Os governos petistas têm por prática, aparelhar ao máximo o Estado. Desde as prefeituras até o Governo Federal, o mais comum, nas suas gestões é o inchaço da máquina pública. É óbvio que custa muito dinheiro, manter mais funcionários do que se precisa. Pior é saber que faltam profissionais nas áreas da saúde, da educação e da segurança. Onde será que estão estes tantos “a mais”? Só os contratantes sabem e os beneficiados, claro. 

Um país onde a propina é prática comum. Um país, onde até para se aprovar algo certo, precisa que o interessado “molhe” a mão de alguém para que o certo seja aprovado. Isto custa dinheiro!

Um país onde um empresário sério demora entre 6 e 12 meses para abrir e legalizar uma empresa. Um país onde um empreendimento pode demorar até 2 anos para ser aprovado e liberado pelos tantos órgão relacionados. Isto custa dinheiro!

Um país, onde os bancos têm seus lucros cada vez mais crescentes ano a ano e a população sofre com o endividamento pessoal e com um apelo cada vez mais intenso ao consumo. 
Um país vendido à indústria automobilística, onde ao invés de priorizar investimento em transporte público de qualidade e estimular o seu uso, se faz justamente o contrário, investe-se em estrutura para que mais carros sejam vendidos. São mais veículos nas ruas, financiados com prazos cada vez mais elásticos São mais estradas, mais reestruturações no tráfego urbano e por aí vai! Isto custa dinheiro

E se por um lado falta foco, por outro, sobram causas.

O copo transbordou! 

CARPE DIEM

Um comentário:

pricanonis disse...

Triste realidade

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...