terça-feira, 2 de abril de 2013

Pantanal (Mãe Natureza)


Banho de rio
Trilha nas matas
Lavo o meu cansaço
Nas frias cascatas

Luz do amanhecer
E a tarde dourada
No céu, nuvens de algodão
E o voo da passarada

Estrelas da noite
E a luz dos vagalumes
E canta uma cigarra
Como é o seu costume

O canto do Aracuã 
Feliz da vida
Anuncia que o dia agora vai raiar
Na Terra querida

De dia,  Sol  brilha lá no céu
À noite, a Lua bem faceira,
Mãe natureza, nossa mãe!
Mãe da beleza verdadeira

É no Pantanal
Que lavo minh'alma
E minha canseira
Numa cachoeira

CARPE DIEM

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...