quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Tempos Modernos

Quem nasceu na década de 80, conheceu a internet, mais ou menos nos moldes de hoje, na sua adolescência. Já quem nasceu na década de 90, conviveu com a internet desde a infância. Os nascidos no novo século, pensam virtualmente.

No final do século XIX e início do século XX, o cinema foi a grande revolução da linguagem visual e como diria o meu amigo Luiz Biajoni, "Aprendemos a sonhar com o cinema. Os nossos sonhos tornaram-se muito mais dinâmicos  criativos após o advento do cinema". O mundo é como conhecemos graças ao cinema. Acreditem!

Pois bem. Uma nova revolução, agora na comunicação global, se processa desde o final do século passado. E se com o cinema aprendemos a ver o mundo e aprendemos a sonhar. Com o advento da web aprendemos a nos comunicar e principalmente a processar a informação de uma forma infinitamente mais dinâmica.

A forma como a nova geração encara a informação é digital. Aqueles que nasceram até a meados da década de 80 são totalmente analógicos e no fundo tentam se adaptar, com menos recursos, obviamente, a uma nova revolução global - a consolidação da internet.

Enfim, ao longo de um século, fechamos um ciclo, unindo o dinamismo do cinema (imagem) a velocidade da comunicação (web).

Muito se especula é claro. Dizem que essa nova ordem, afasta e aliena as pessoas, destrói pensamentos mais elaborados, cria leitores de manchetes. Por outro lado, aumenta o acesso à informação, amplia conceitos de liberdade e dinamiza a comunicação e as ações. Prefiro que cada um conclua por conta própria. É melhor assim.

O fato é que graças a esta nova forma de se comunicar é possível, por exemplo, escrever um cordel (Tempos Modernos) que fala um pouco sobre essa mudança (seus prós e contras), em pouco mais de duas horas, parceria de pai (Asa Branca do Ceará) e filho (Samuel Quintans), onde um dos lados está há mais de 3 mil quilômetros do outro. 

Também graças a web, conseguimos disparar eventos entre amigos reais, que se um dia foram virtuais, se tornam mais palpáveis a cada encontro, como este. 

E por fim é graças a estes tempos modernos que uniremos hoje, aqui em Campinas, no Empório Gabriel, a situação A (a parceria de um cordel) com a situação B (encontro de amigos). 

Certamente será uma grande celebração, regada a um bom papo, ao vivo e em cores, temperada  com poesia.

Sejam todos bem vindos aos Tempos Modernos.

CARPE DIEM 

Um comentário:

Dalila Maitê disse...

Adorei seu Blog, muito bom!
Me faça uma visitinha:
http://dalila-maite.blogspot.com/

Tenha um lindo dia *_*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...