segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Insensato Coração Global


Este espaço foi criado para falar do cotidiano. Transformar o simples em fato marcante no dia de cada leitor. Porém este espaço não é alienado e não vive à margem das mazelas do dia-a-dia.

Nesta última quinta-feira, 04/08/2011 foi levada ao ar a cena de espancamento de um personagem gay da principal(?) novela da TV brasileira, no canal de maior audiência do país. A novela? Insensato Coração (nunca vi um nome mais apropriado para uma produção) O canal? Rede Globo de Televisão.

O que tem de errado nesta cena? Violência faz parte da trama! A questão aqui não é só a violência, mas é como este canal enxerga o certo e o errado. A censura econômica por trás de uma trama. 

Vejam que interessante: O canal reduz, esconde ou disfarça as cenas que denotam romance entre pessoas do mesmo sexo. Pergunto: Seria mais puro o beijo de um casal hétero do que de um casal gay? Beijo não é sempre beijo? Ao mesmo tempo, liberam sem pestanejar a cena de uma surra (até a morte) dada em um gay. E ainda mais. Tenta transformar o agressor em vítima, usando o seu passado como justificativa.

Agora, cárcere privado pode. Tortura pode. Traição deslavada entre os casais da trama está liberado. Irmãos que se odeiam também é super normal nesta novela. Humilhação de alguém com menor grau de instrução e menos abastada por aquele com maior poderio econômico também pode. Justiça que não resolve é normal. Nesta novela até assassinato é justificado. "Fulano é bonzinho. Matar alguém é consequência de um plano para provar sua inocência." 

Claro. Vamos combinar. Perdão, dá audiência? Honestidade? Bons modos? Respeito ao próximo? As respostas a estas perguntas nem são necessárias.

A Globo transformou nossa sociedade. Transgrediu valores. E nada como o poder econômico para manipular uma sociedade. Detentora dos programas com maiores audiências ela transmite os valores que bem entende e o que vale mesmo é o lucro pelo lucro.

Nos últimos anos a Globo resolveu entrar numa onda politicamente correta e em suas tramas sempre coloca alguma questão social que esteja em evidência. Claro, que os pobres telespectadores acham o máximo. Seu canal preferido é engajado. Sinto muito informar que tudo isso é fruto de pesquisa prévia e visa simplesmente trazer mais audiência, gerar mais receita e de quebra iludir a nós todos. Que tem muito pouco de nobre na atitude Global.

Desculpem, mas eu não vivo neste mundo global. Por que não entra na minha cabeça que se possa censurar um beijo ou qualquer demonstração de carinho entre um casal gay ou hétero e seja permitido um espancamento até a morte de alguém. Seja este gay ou não. E ainda vitimizar o agressor.

A Insensata Globo do coração de milhões de telespectadores por ter condições, inteligência e estrutura suficiente poderia mudar tudo isso. Poderia. Porém isto custa. Custa inclusive a audiência das milhões de pessoas manipuladas por ela ao longo destes anos todos. Ela criou um padrão globo de caráter. Um padrão globo de justiça. E está acima do certo e do errado. 

Apenas para documentar esta postagem segue um trecho da matéria publicada no Terra Notícias:

Novela com o maior número de personagens gays dos últimos anos, Insensato Coração fechou o armário. Nada de romance entre homens, nem de apologia homossexual. Por ordem da Rede Globo, os autores Gilberto Braga e Ricardo Linhares vão esfriar a temática homossexual da trama, principalmente o namoro entre Eduardo (Rodrigo Andrade) e Hugo (Marcos Damigo), que vinha ganhando destaque. Cenas do casal já foram cortadas.
...
Em nota oficial, a Central Globo de Comunicação (CGCOM) afirma que não há censura e alega que suas histórias são levadas a todos os tipos de públicos. "Nossas tramas registram a afetividade e o preconceito, mas não cabe exaltação. Cabe, sim, combater a intolerância, o preconceito e a discriminação contra elas, o que temos estimulado cotidianamente inclusive por meio de campanhas", diz a nota.


Iguais! Independente de opções sexuais
Ou seja, segundo a nota, não cabe exaltação ao carinho. Explicitar a violência contra um determinado grupo, tudo bem. Está dentro do contexto. Nos enganem. Nós gostamos!

Bem é isso. Peço desculpas aos habituados com poesias e crônicas suaves neste espaço. Realmente não poderia deixar passar tal constatação. É uma pena que tenhamos tão pouco alcance. Por que não acredito que seja eu apenas, o único indignado com tudo isso.
...
Leia também, no blog: "O Amor não tem regras"

CARPE DIEM

10 comentários:

Sun disse...

Eu não assisto novela há anos, mas essa específica eu reclamei, postei no face, na pagina da rede globo, etc...junto com as ONGS de proteção dos animais, sobre o erro/forma como divulgaram a Toxoplasmose.Ou seja, essa novela, desse autor, dessa emissora ignoram completamente o publico.100% a favor!!!

Anônimo disse...

Endosso a matéria, não assisto novela. É a maior diversão para um povo alienado e sem opções. Tenho ouvido uma conversa no metrô: "se tem uma livraria atravesso a rua, atravesso para passar longe, mas novela não perco". O jogo jogado é esse, mantendo o povo à pão, circo e com uma educação meia sola, os brasileiros assistem novela e votam em quem votam.

Wendy Karine disse...

Temos que nos mostrar ativos perante a uma situação simplesmente inaceitável como essa... Puro preconceito injetado subliminarmente nas mentes tolas de quem deixa coisas assim entrarem em suas casas. Ainda bem que nem assisto novelas, nem porcaria nenhuma que tentam me oferecer.

Ana Paula Crespolini disse...

Samuel. recebi um convite para participar do movimento Desliga Globo no facebook, a princípio me interessei, porém, ao terminar a leitura os "por ques" do movimento(com grande resalte na mais recente novela Insensato Coração)Me fizeram voltar atrás e não querer ser parte disto. Explico. É evidente o cuidado com as cenas que denotam romance entre pessoas do mesmo sexo. Concordo. Mas ficou claro á todos o por que disto?
A "sensura" neste caso, na minha opinião, não é apenas do canal em questão, a falta destas cenas, onde deveriamos ver SERES HUMANOS, que independente de sua opção sexual teem direitos tal qual de qualquer outro, não são mostradas apenas por que no mundo onde vivemos, infelizmente, grande maioria sofre de um mal já muito conhecido: PRECONCEITO, neste caso, sabe-se lá como, Os afetados se sentem no direito de apontar o outro, Se fazem de ofendidos, se sentem ameaçados, tem até quem se espanta. De alguma forma, vai ter sempre quem se revolte com a "opção" do outro, o problema é que estes ainda são maioria, neste caso a homoxessualidade, é tratada como permitimos que seja, com total e absoluta intolerância. Deveriamos olhar cada qual para si, se á preocupação, que seja com sua vida em particular, por que a homoxesualidade de outrem deve ser tão incomoda? não aceitar ainda é válido. Sim. Eu sou totalmente a favor da liberdade de expressão, acredito que temos todos dificuldades com questões que ainda é de dificil compreensão, pois diferem muito de nossas próprias mas, por favor, respeitar acima de tudo. Quanto a violência também mencionada. Nos indignamos com isto? Alguns. Mas não acontecem somente nas cenas das novelas, acontecem diarimente pelas ruas, lugares em que pessoas não teem direito de ser quem são, pessoas que se reprimem muitas vezes por medo, pelo simples fato de que não á respeito ao próximo. Concluindo... Vamos todos nos perguntar: Por que a rede gobo nos oferece cenas detalhadas de violência mas não permite cenas de afeto entre homosexuais?
Resposta: ela visa agradar a seu público.
E se a grande questão ainda é o exesso da violência mostrada na tv, posso acrescentar sem medo... Acho que foi a única coisa útil que a novela mostrou, sou a favor de que pessoas que preferem a ficção de novelas á realidade do mundo se integrem a realidade de alguma forma, a violência está em toda parte, e a novela não nos mostrou nem metade da crueldade existente.
Façamos então movimentos como estes, onde os resultados sejam vistos também na novela da vida real. Admiro muito a iniciativa Samuel. Nossas opiniões diferem, e te respeito por isto, você teve a iniciativa de lutar pelo que acredita, e devemos sim reivindicar melhorias na programação, que é afinal, uma fomadora de opinião, mas, ainda sonho com um mundo onde nós teremos por nós mesmos nossas próprias, independente das bobagens que nos for mostrada, vamos assemelhar o certo do errado, a ilusão da realidade. Eu acredito que precisamos abrir os olhos e ver o que esta acontecendo ao redor, e se a maneira de fazer isto é em uma trama na novela, que seja.

Anne Luka disse...

bom.. respeito muito a sua iniciativa, mas não acredito que isso vá fazer muita diferença. violência por violência na minha esquina tem, e infelizmente se eu não quiser ver isso (ou até mesmo ser atingida por isso) é muito mais complicado do que simplesmente mudar de canal na televisão. Certamente, as redes televisivas contribuem para a falta de informação do publico. Mas não é só a Rede Globo de Televisão que o faz. O que dizer da Record por exemplo? Que faz tanto abuso, ou mais, das cenas reais e utilizam isso para fazer uma verdadeira lavagem cerebral no publico (visto looooooongas e cansativas 'reportagens' atacando deus e o mundo... perdão só o mundo... não só a Globo como também os casais que são 'diferentes' da visão quadradinha e bonitinha da igreja deles... Mas olha achamos um motivo)... Ou o SBT que usa crianças para buscar audiência, ou que é tão parcial politicamente falando que chega a me dar raiva.. ou a RedeTV, ahh eu preciso mesmo falar da RedeTV?? Programa Pânico já diz tudo.. Quer mais apelo sexual e denegrição da imagem da mulher, usando mulheres bonitas e um tanto burrinhas pra chamar o publico masculino... e que também faz bastante apologia à violência... E a Bandeirantes também tem seus defeitos... Enfim... as redes televisivas são muito mais interessadas em ganhar dinheiro do que em oferecer programação de qualidade... Particularmente faz muito tempo que eu não me sento em frente a televisão para assistir uma novela ou qualquer coisa fútil dessas, por falta de tempo e de paciência. mas bem.. essa é a minha opinião... Anne Luise

Blog da Dragol Argentina! disse...

Concordo plenamente. E não importa se somos poucos, cada voz alcança o que pode e sempre podemos muito! Parabéns pela iniciativa. E sigo-te.

Letícia Pinheiro disse...

A Ana Paula Crespolini disse tudo que queria dizer! Ótima a sua iniciativa de protestar sobre coisas que lhe incomodam, mas acho sinceramente que a sua forma de enxergar à postura da TV Globo, mais especificamente a novela Insensato Coração, está equivocada! As últimas novelas da Globo vem evidenciando problemas sociais presentes no nosso cotidiano, como preconceito contra paraplégicos, deficientes mentais, e nesse caso a violência sofrida pelos homossexuais. Sem dúvida alguma, essa realidade retratada na novela foi a única coisa útil para nós, para que vejamos onde estamos vivendo. Não houve nenhum momento em que a novela evidenciou o Vinicius (assassino dos homosexuais) como o "coitadinho", e nem justificava os erros dele de nenhuma forma. Enfim, respeito a sua opinião e espero que continue expondo os seus pontos de vista!

nonnialves disse...

temos que ter um canal, que nos ensine o certo! já é tanta coisa ruim acontecendo no mundo e não precisa de novela para dizer isso! Merecemos um conteúdo de qualidade, que nos incentive a fazer o certo!

FeGa > Fernando Gaebler disse...

#desligaglobo


Alguns dos motivadores desta Campanha é a Globo:

- Tornar normal um homem trair sua esposa, com uma suposta "mulher invisivel" avião (Luana Piovani).Assim tudo bem (segundo o seriado).
- Tem a ver com tornar o estupro válido, se for para mulher feia (ela deve é ficar feliz por alguém ficar com ela, segundo um quadro do Zorra Total.
- Tem a ver com tornar normal traição, desrespeito de filhos com pais, roubar, chantagear e por aí vai, em suas novelas e seriados.
- Tem a ver com o desrespeito com as culturas regionais, como faz Cordel Encantado (Que nada tem de cordel e muito menos de cultura nordestina. Apenas um bando de atores falando um nordestinês que só existe na Globo)
- Tem a ver com a manipulação da notícia e geração de fatos
- Tem a ver com o abuso de cenas reais de violência. Vide o massacre das crianças no Realengo, RJ, onde a Globo filmou e veiculou cenas das crianças sendo assassinadas em programas como Ana Maria Braga e por aí vai ou o sequestro de um onibus no Rio;
- Tem a ver com o desrespeito com o torcedor que há 15 anos atrás ia ao estádio às quarta-feiras, as 21 horas, depois as 21:30 e hoje as 22 horas, por que a Globo dita o inicio conforme sua conveniência e que se lixe quem vem tarde pra casa e trabalha no dia seguinte.

link http://www.facebook.com/event.php?eid=231546043553083

Abaixo rede bobo!!!

Anônimo disse...

Feio foi esses dias na novela Fina Estampa um personagem dizer que mulher não podia ser magrinha tinha que ser gostosooona.
Até entendi que eles queriam ir contra a anorexia mas né, nem todo mundo que é magro é anoréxico.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...