terça-feira, 26 de julho de 2011

Meu avô e eu - Um livro delicado para o Dia dos Avós

Você sabia que hoje se comemora o Dia dos Avós? Pois é! Hoje é o dia de dar aquele abraço no seu avô e na sua avó querida. Ah! Você quase não os vê? Esforce-se um pouco e procure-os. Pelo menos aqueles que têm a honra de ainda tê-los vivos. Estejam perto ou longe.

Terminei de ler hoje cedo, por coincidência, o livro de minha amiga Adriana Mani: Meu avô & Eu. Um livro que conta toda a trajetória de uma grande amizade entre uma neta e um avô. Situação rara nos dias de hoje. 

Nossa geração, aquela nascida entre a década de 60 e 70 talvez seja uma das últimas a cultuar a figura dos avós. Ainda somos do tempo de ouvir histórias contadas por eles, de encantar-se com a sabedoria dos pais dos nossos pais. Somos ainda os que respeitavam verdadeiramente a autoridade de um avô e claro que abusávamos até onde nos era permitido.

O livro da Adriana Mani fala justamente sobre isso. Sobre o companheirismo, as lições, o amor compartilhado, o respeito e todos os demais ingredientes necessários para uma relação encantadora.

A autora fala com maestria e de uma forma tão simples e delicada que temos vontade nos apropriar desse avô tão especial. Desta infância que tem muito a ver com a infância de muitas pessoas. Talvez, ao ler o livro, você se encontre representado(a) em algum dos seus capítulos. Peça aí na livraria perto da sua casa ou entre no site da Editora Multifoco e peça direto.

A mensagem que  o "Sempre tem algo acontecendo" deixa para cada um dos leitores é que aproveite este dia para reforçar ou reafirmar os laços com seus avós. Quem tem filhos pequenos habitue-se a visitar mais seus pais, ou seja, os avós dos pequenos. Este convívio é tão fascinante, quando bem estabelecido. Estimule a relação avô e netos. Lembrando sempre, que pais são pais e avós são avós. Nada de transferir responsabilidades para estes que já fizeram a parte deles, educando-os.

E assim nos despedimos. Feliz Dia dos Avós! 


A nossa única avó Ledinha
Aos avós dos nossos filhos
Im memorian: Avós Zé Quintans e Quitéria e Avó Lourdes. Fantásticos!
                      
CARPE DIEM

Um comentário:

MARCUS MURYEL disse...

Um feliz dia dos avós mesmo nosso estimado amigo.... dos meus avós só tenho Bobó, D.Dina lá em Sumé ainda presente em vida... os outros 3 já se foram... sinto muita falta dela (dos 4 claro... mas ela ainda posso abraçar...)... é algo de geração mesmo e é bem por tudo isso q/ o livro da nossa amiga emociona tanto... abç e bj... Muryel & Sheila

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...