quarta-feira, 8 de junho de 2011

Consumo Consciente: Como viver sem a sacola plástica?

Dica do dia: Prefira sacolas biodegradáveis para os cestos de lixo e reutilize os saquinhos protetores.

Na maioria das grandes cidade as pessoas estão se rebolando par carregarem suas compras e para armazenagem seus lixos em casa. Não é pra menos. Uma onda de  proibição e inibição de sacolas plásticas tem ocorrido nas grandes metrópoles.

Esta foto acima retrata um pouco de como são os nossos lixões (aterros sanitários) com as tais sacolinhas plásticas em ação. E assim também estão os rios e ruas de algumas cidades. Vamos então, ajudá-los a driblar este mais novo inconveniente, diga-se de passagem, totalmente necessário:
  • Nas compras: utilize caixas, sacolas retornáveis e carrinhos; 
  • No lixo: Compre sacos maiores e biodegradáveis. Faça uma pesquisa na sua cidade ou nos sistemas de busca da rede;
  • Reciclar é higiênico: Quando você separa seu lixo orgânico do lixo seco você contribui com a diminuição de proliferação de bactérias, uma vez que seu lixo orgânico se restringe a restos de comidas, frutas e etc.; 
  • Reciclar é econômico: Nesta separação você ter um saco maior que dependendo do que você gera, pode ser descartado uma vez por semana ou por quinzena. Ou seja, apenas dois sacos no mês ou no máximo quatro;
  • Reciclar gera receita: Se você for organizado poderá faturar algum dinheiro com o lixo separado, pois existem várias estações de reciclagem que compram revistas, jornais, latas de alumínio, caixas entre outros itens.  Pode parecer pouco dinheiro por mês, porém se você for juntando, ao final de um período maior, você garantiu aquela ida ao cinema, aquele almoço especial.
  • Quanto menos, melhor: Quanto menos sacolas plásticas você usar ao longo da semana, melhor. Em longo prazo a redução de impacto fará muita diferença! E positiva.
  • No carro: Mantenha no carro uma sacola retornável, para compras na padaria, no varejão, no mercado etc.
No começo destas proibições todas, você fica um tanto quanto irritado, porém ao longo do tempo, você acabará se adaptando e perceberá que nunca precisou tanto de sacolinhas como achava. Hábito é como vício, é complicado simplesmente aceitar uma mudança.

Juntos poderemos fazer a diferença. Estou certo disto!

CARPE DIEM


2 comentários:

MARCUS MURYEL disse...

...USAMOS O MÍNIMO DO MÍNIMO EM CS... MAS... AINDA DÁ PRA FZR MAIS... UM INCENTIVO... OBG CAMPEÃO...

disse...

Precisamos eliminar as sacolas plásticas o mais rápido possível e isso tem que ser feito agora...É uma atitude a curto prazo.Já existe no Brasil, com por exemplo, Minas Gerais em que o uso saco plástico é proibido. Nós consumidores precisamos eliminar essas sacolinhas que degradam o meio ambiente absolutamente...
Animais marítimos confundem as sacolas com água viva... É um situação que não dá pra ficar de braços cruzados! RECUSE sacolas plásticas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...