quinta-feira, 10 de março de 2011

Paladar de criança (ou sobre café com pão doce)

Hoje eu lembrei dos meus tempos de criança. Fui a padaria comprar uns pãezinhos e vi um pão doce todo bonito, recém saído do forno, com aquele cheirinho característico de pão fresquinho. Hummmm! Bom demais.

Na hora me veio a memória, os meus tempos de criança, quando eu tinha meus sete ou oito anos e minha irmã tinha seis. Íamos os dois com a minha mãe, comprar pães na padaria, perto de casa. 

Sempre pedíamos pães doces e quando chegávamos em casa, minha mãe preparava um café fresquinho e a mesa ficava toda bonita com pão francês, pão doce, leite, manteiga, ovos mexidos. Às vezes, minha mãe estava inspirada e fazia um bolo de fubá ou só de trigo mesmo. Tudo era uma delícia.

O que mais gostávamos, claro, era do pão doce. Como era gostoso aquele pão, daquela padaria da infância. Acredito que quando criança temos um paladar diferente, por que nunca mais os pães doces foram iguais aqueles. Os bolos de trigo eram maravilhosos.

Bons tempos aquele! 

Na verdade até hoje cultivo o hábito de tomar um café da tarde ou da noite, com mesa posta, simples, porém gostoso. É nostálgico. É familiar!

Bom café pra vocês!

CARPE DIEM

2 comentários:

Maria Marluce disse...

Os hábitos de criança sempre estamos a nos lembrar.

klaudia Corrêa disse...

Parece que quando "adultecemos" perdemos o poder de apreciarmos tudo com intensidade. O pão doce, não é só um pão doce. É a melhor guloseima do mundo no momento de degustá-lo.É tudo muito verdadeiro e puro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...