domingo, 26 de setembro de 2010

Presidenciáveis (Escolhas)


Juro que eu me esforcei para não falar destes eleições. Afinal, política, religião e futebol, não se discutem, conforme o bom senso nos orienta.

Abri uma exceção, uma vez que não vou discutir política na verdade. Vou, neste momento, apenas pontuar minha escolha para presidir o o meu país e explicar o que acontece por aqui, quando não escolho quem lidera as pesquisas há uma semana de votarmos.

Sinceramente, fico imaginando o que se passa na cabeça do brasileiro. O que o faz escolher Dilma Roussef? Qual o histórico desta personagem? Sim, por que Dilma é uma personagem, não é uma pessoa real. A pessoa que nos apresentam, como solução do país, não existe, meus queridos.

Na verdade, eu não escolheria Dilma, nem que ela fosse a melhor pessoa do mundo, para tal cargo, por motivo simples: evitar o continuísmo. Estamos há dois mandatos seguidos de Lula e seu partido, o PT e escolhê-la seria entregar mais um período ao mesmo partido e seu aparelhamento do Estado já conhecido por todos.

A renovação sempre se faz necessária. É importante para um País. Novas equipes, novos métodos, nova visão.

O outro candidato, José Serra, pode até ser bem intencionado, só que infelizmente não tem carisma algum. Uma pessoa que é incapaz de unir seu próprio partido em torno de sua candidatura, será capaz de unir as demais forças políticas em torno de um Programa de Governo? E as tais das promessas mirabolantes o complicam. Afinal, prometer demais é desespero.

Minha escolha por Marina Silva é simples. Uma pessoa com experiência de vida e política. Também vinda das classes inferiores, assim como o Lula. Mulher. Batalhadora. Com uma visão no futuro, enxergando que o crescimento se dará com respeito ao meio ambiente e ao homem.

Claro que ela não ganhará. Claro que ela não passará para o segundo turno. Porém não custa sonhar, não é verdade?

Eu estou com Marina Silva. Este blog está com ela. E sim, enquanto escolhem Dilma, alguma coisa está sempre acontecendo.

CARPE DIEM

2 comentários:

blogdomacagnan disse...

Olha, Samuca, juro que se o voto não fosse obrigatório, desta vez me absteria. Na minha opinião, nenhum candidato a presidenciável me chamou a atenção. Será esta uma eleição difícil, onde o povo escolherá entre os candidatos, o "menos pior" (assim espero que seja). Não quero influenciar a opinião de ninguém; é somente meu ponto de vista. Enquanto isso, vamos analisando os discursos e vendo quem fala menos bobagens...

Boas acontecências esta semana!

Sonhadora disse...

Querido Samuka...

Você disse tudo o que eu penso e sinto à respeito dessas eleições.

Estamos aí!

Abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...