sexta-feira, 27 de março de 2009

A Hora do Planeta - Apaixonados por carro?



Brasileiro adora carro. Brasileiro é apaixonado por carro! Essa frase, dita em comercial fica ótima! Agora, no dia-a-dia seria bom que fôssemos menos apaixonados e dependentes do nosso carro, não é mesmo?
...
Claro que a comodidade e tranquilidade de ir e vir, com seu próprio carro, para os lugares facilita e muito a vida de qualquer um.

...
A frota de veículos no Brasil, por diversos fatores, cresceu muito nos últimos tempos e hoje estima-se que temos mais de 25 milhões de carros circulando em nossas ruas. Nos tornamos o sexto produtode de veículos, em meados de 2008 e somos a décima frota do mundo, em volume.
...
Os EUA, com a maior frota mundial, têm cerca de 244 milhões de carros, o que dá 1,2 veículo por habitante, segundo as estatísticas divulgadas em agosto de 2008. Os dez países com maior frota (incluindo o Brasil) somam quase 600 milhoes de veículos em circulação.
...
Com números tão grandiosos assim, só poderíamos estar na situação que estamos mesmo!
...
Prometo, a partir de agora não falar mais em números! Vamos falar de coisas práticas. E pra que você continue sendo como todo brasileiro (?), apaixonado pelo seu carro, sugiro que cuide também do lugar, onde ele circula, ou seja, do seu Planeta.
Por isso, reuni aqui algumas dicas bem simples e de fácil aplicação, para que com um pouco de boa vontade e esforço, consigamos contribuir para a melhoria do ar e da qualidade de vida no nosso Planeta! Vamos lá!
  • Sempre que possivel, vá de bicicleta ou à pé aos lugares. Além de fazer bem à sua saúde você contribui para a melhoria do ar, que respiramos!
  • Sempre que possível, utilize transportes coletivos. Descubra as linhas que atendem às suas necessidades.
  • Em cidades que tenham metrô e trens de superfície, utilize-os com mais frequência.
  • Programe com antecedência as suas saídas de carro. Veja se as outras pessoas da sua casa não precisam de algo da rua. Assim, você evita várias saídas desnecessárias.
  • Pegue ou dê carona. muitas vezes aquele vizinho seu do prédio ou da sua rua vai para a mesma região que você. Ou pelo menos, próximo dela. Aproveitem a oportunidade para conversarem.
  • Organize revezamentos de carros, quando possivel, pra ir à escola ou ao trabalho, com os seus amigos.
  • Dê sempre preferência aos transportes coletivos (fretados para universidade, trabalho, etc. etc.). Sempre tem uma linha que passa pertinho da sua casa. Se não tem, organize um grupo. Compartilhe mais.
  • Evite tirar o carro da garagem para percorrer distâncias pequenas (entre 500 metros e 2 quilômetros). Com algum esforço você percorre tranquilamente essas distâncias e até um pouco mais, com o tempo e hábito.
  • Revise sempre o seu veículo, pois um carro regulado consome menos combustível e polui menos.
  • Na hora de comprar ou trocar de carro, dê preferência aos bi-combustíveis e na hora de abastecer prefira os biocombustíveis.
  • Ao circular, respeite as trocas de marchas do seu motor. Andar com o carro em marcha errada, além de aumentar o consumo de combustível, interfere no arranque e velocidade do seu carro. Em carros automáticos, isso é bem mais simples, por que o controle é interno.
  • Evite ficar acelerando, quando estiver parado no sinal de transito (semáforo ou farol).
  • Em paradas mais longas, desligue o carro. Isso evitará a queima desnecessária de combustivel e a emissão de poluentes.
  • Evite fazer alterações mecânicas no seu carro que o levem a consumir e poluir mais. Se deseja um carro esportivo, compre um com essas características ao invés de transformar o seu.
  • Por fim, use o bom senso sempre e faça do seu carro uma comodidade e não uma arma poluente.

Agora que já sabemos um pouco mais sobre como cuidar do nosso Planeta, vamos dar uma voltinha, pra ver o que anda acontecendo por aí?

A pé! Combinado?

quinta-feira, 26 de março de 2009

A Hora do Planeta - Água de beber!

Água de beber...
"Água que nasce na fonte, serena do mundo, e que abre um profundo grotão". Essa frase é um trecho da música Planeta Água, de Guilherme Arantes. Vale a pena conferir ela inteira.
...

Vou evitar falar de algumas coisas mais óbvias como que a Terra, na verdade é muito mais água (cerca de 70%) que terra, que nosso organismo também tem muita água e que a maior parte da água (entre 95% e 97%) do mundo não pode ser consumida (salgada).
...
Vou evitar falar também que estamos, aos poucos, ficando sem esse recurso precioso e essencial a vida, chamada ÁGUA.
...
Percebemos que a situação está ficando realmente crítica. E claro que podemos fazer algo. Claro! Esta verdade é tão límpida como uma água de ribeirão. É bom lembrar que tudo começa em você. E os hábitos podem ser estimulados, divulgados, perseguidos. Vamos lá! Vamos começar hoje a fazer algo pelo nosso Planeta Água!
...

Por isso, reuni aqui algumas dicas tão preciosas, quanto a água de nosso Planeta, para que façamos à nossa parte:

Ao lavar a louça, organize-a antes, eliminando os resíduos maiores, e divida em duas etapas. Limpe e ensaboe e depois enxágue de uma só vez.
.
Evite lavar louça com a torneira ligada continuamente, enquanto passa o detergente. Além de ineficiente, você acabará desperdiçando detergente e água.
.
Lave primeiro a louça leve e a menos suja. Deixe panelas ou utensílios engordurados ou com sujeira mais pesada para o final.
.
Jamais, jogue óleo de cozinha na pia, muito menos no lixo ou terreno baldio. É altamente nocivo ao solo e a água. Procure na sua cidade empresas que fazem reciclagem deste material. A prefeitura e os sistemas de busca da internet serão bem úteis nesta procura.
.
Beba água filtrada. A grande maioria das cidades tem estações de tratamentos adequadas e existem parâmetros de qualidades a serem seguidos pelas companhias de água. Ou seja, é desnecessário comprar água de galões. Além do alto custo, ainda não temos garantia alguma quanto à higiene no manuseio da água e das embalagens.
.
Um fato importante sobre a água da cidade é que ela contém flúor. Águas minerais embaladas não.
.
O bom e velho filtro de barro ainda é o mais eficiente no processo de filtragem e está comprovado que é mais que suficiente para manter a água adequada ao consumo. Claro, que em casas ou prédios com caixas-d'água, devem ser efetuadas as limpezas periódicas e o correto vedamento das mesmas.
.
No banho, seja breve. Nada de ficar cantando todas as faixas daquele disco preferido. Você pode continuar sua seleção musical, enquanto se seca e se troca.
.
Durante o barbear ou escovação de dentes mantenha a torneira desligada, quando não estiver em uso.
Dê preferência ao vaso ou bacia sanitária com caixa acoplada, que já acumula a quantidade necessária à higienização, quando acionada.
.
Lavar calçadas, quintal e o carro devem ser feito com muito critério. Evite ao máximo! Quem tiver condições e espaço, crie reservas de água da chuva, para uso externo.
.
A construção de poços artesianos, devem seguir as normas dos órgão reguladores e devem ser comunicados a prefeitura local.
.
Verifique periodicamente as instalações hidráulicas, identificando possíveis vazamentos.
.
Evite lavar roupas em pouca quantidade. Siga as instruções do fabricante de sua máquina de lavar, evitando assim o desperdício de água. Lembre-se que a máquina tem programas automáticos de acúmulo de água, compatível com sua capacidade máxima.
.
Quem tem piscina, mantenha-a sempre limpa e siga as instruções de limpeza e conservação, que certamente diminuirá o consumo de água.
.
Nada de jogar lixo nas ruas, pois vão para os bueiros, esgotos, rios e poluem a água que você bebe. Isso aumenta o consumo de energia, para tratar essa água que você mesmo poluiu. E antes de ser tratada, mata todo o sistema de vida daquele rio poluído.
.
Lembre-se! Tudo tem conseqüência. Seja inteligente e consciente com o consumo diário de água.
.
Denuncie aos órgãos públicos de sua cidade sobre situações de acúmulo de detritos nos rios de sua cidade.
.
Denuncie também aqueles que costumam deixar lixos pelas calçadas.
.
Vá à imprensa local, se necessário! Acredite. Você tem voz e será ouvido!
.
Falamos tanto de água, que me deu até sede! Acho que vou beber um pouco desse líquido maravilhoso e mágico, chamado água. O líquido da vida!
.
Afinal, tudo na natureza depende da água. É a nossa fonte!
.
Agora é contigo! Vamos lá! Ah! Falamos sobre o uso do automóvel amanhã combinado?
.
E neste Planeta Água, sempre tem algo acontecendo.

(Se tiverem mais dicas legais sobre os temas discutidos até aqui, coloquem nos comentários, combinado?)

quarta-feira, 25 de março de 2009

A Hora do Planeta - Nós podemos!

Essa foto do Pantanal é magnifica! E a Natureza nos presenteia com sua plasticidade, beleza e encanto. E tudo isso é nosso! Está aqui no nosso Brasil! E sabe o que é mais incrível, que temos belezas como estas espalhadas pelo país inteiro. Somos um país rico em recursos naturais. Muito verde, muita água doce, muitas praias. Aves que cortam o nosso céu. Peixes nos rios. Os animais das florestas! Insetos que equilibram o sistema! Tudo em perfeita harmonia!
...
Podemos perder tudo isso. Vocês sabiam? Tudo. Pois é! Nós podemos!
...
Tem uma outra coisa que também podemos fazer: Preservar e utilizar de maneira inteligente os recursos disponíveis. Compartilhar mais. Sim! Nós podemos! É fácil. É só começar!
...
Talvez você pense que esse lance de preservar seja algo muito complicado e ligado a políticas de governo e que você é apenas um, no meio de bilhões de habitantes. Pense diferente! Você será um menos a desperdiçar, poluir, usar de maneira incorreta o que a natureza lhe oferece. Vamos lá!
...
Nós Podemos!
...
Algumas dicas bem simples pra você começar um novo hábito:
...
Quanto ao consumo de energia elétrica
  • Aproveite ao máximo a luz natural, evitando acender as luzes de sua casa ou escritório desnecessariamente;
  • Evite deixar luzes acesas em ambientes que não esteja sendo utilizado;
  • Crie o hábito de desligar das tomadas seus aparelhos eletrônicos, microondas, diminuindo assim, o seu consumo;
  • Priorize eletrodomésticos e eletrônicos mais econômicos (geladeiras, freezers, condicionadores de ar, secadores de cabelo, chuveiros elétricos, etc.);
  • Mantenha a geladeira sempre limpa (congelador) e suas prateleiras aramadas, livres (sem aquelas toalhinhas ou paninhos) para que o resfriamento seja mais prático e com isso, consuma menos energia;
  • Em estações mais frias regule a temperatura da geladeira para aquela indicada pelo fabricante, para esta estação;
  • Seja breve no banho e regule a temperatura adequada a estação do ano. Lembre-se que o Brasil é um país quente e com um pouquinho de esforço e boa vontade, em dias mais quentes, você consegue tomar banho na temperatura ambiente.
  • Substitua suas lâmpadas incandescente por fluorescentes, que são muito mais econômicas (confirme na sua cidade se existe política de descarte e reciclagens para essa modalidade de lâmpada).
  • Evite deixar computadores ligados, sem uso. Principalmente seus monitores que são responsáveis por maior consumo. Utilize-se de "sistemas de economia" que já vêem previstos em suas máquinas;
  • Evite lavar roupas todos os dias. Acumule a quantidade prevista para o modelo de sua lavadora (consulte o manual) e lave-as de uma vez. Obedeça os ciclos de lavagens previstos para os tipos de roupa e modelo de máquina;
  • Roupas leves, com pouco uso e sujeira, podem ser lavadas manualmente, sem problemas.
  • Utilize condicionadores de ar, somente quando necessário e de maneira inteligente. Sempre é bom ter isolantes térmicos, pra que a temperatura seja mantida.
  • Em empresas, quando previstos mais de um condicionador de ar, evite trabalhar com capacidade reduzida. Isso aumenta o consumo, ao invés de diminuir. Respeite o dimensionamento feito pelo engenheiro, arquiteto ou empresa fornecedora. Saiba que quando atingido a temperatura desejada, os condicionadores desligam automaticamente.
  • Instale na sua empresa ou em alguns ambientes da casa ou do prédio, pouco frequentando (garagem e corredores, por exemplo) sensores de presença. Ou seja, as luzes só permanecerão acesas, quando pessoas forem detectadas.
  • Em fachadas luminosas, instale timers, que após programados ligam e desligam automaticamente, evitando assim desperdício de energia, por alguém esquecer de apagá-las;
  • Use energia elétrica com consciência e ensine os seus filhos ou seus pais a fazerm o mesmo.

Amanhã falaremos sobre o uso adequado da água e do automóvel.

Como vocês podem percber, é muito simples fazer algo. Viram? Se sempre tem algo acontecendo e nós podemos fazer algo, pra reescrever esses acontecimentos! Depende só de nós! Como você já sabe:

Nós Podemos!


terça-feira, 24 de março de 2009

A Hora do Planeta - O dia em que ele viu tudo!

Sessenta minutos pelo Planeta Terra!
Chegou a hora de parar de fingir que isso não é com você. Que não é com a gente. É como no tempo em que éramos crianças, naquele dia em que fomos pegos no flagra, pela professora, bem na hora em que estavámos jogando aquela bolinha de papel no amigo. Um sorriso sem graça e um "desculpe fêssora" entre os dentes.
O Planeta Terra nos pegou no flagra, jogando latinhas pela janela do carro, nas rodovias nas cidades, no seu bairro.
E percebeu, bem na hora, que esquecemos a torneira aberta, enquanto fazíamos a barba, cantarolando uma canção do Jota Quest ou de uma banda qualquer.
Ele notou o exato momento em que litros e litros de água desciam ralo abaixo, naquele banho de horas....
E você acredita que ele chegou bem na hora, em que todas as luzes de nossa casa estavam acesas! E nós, sozinhos, na sala.
Ele percebeu que não reciclamos nada, misturamos lixo orgânico com recicláveis.
Ele também notou que nada está sendo feito para recolher as lâmpadas fluorescentes queimadas, vendidas aos milhões país afora! Todas com mercúrio, que acabam em aterros, rios e mares.
Sem que percebessemos, ele viu a montanha de sacolas plásticas que produzimos e jogamos na natureza, pura e perfeita. Os bichos que extinguimos o ar que poluímos.
Ele ficou abismado com a nossa coragem e ousadia de pegarmos o carro na garagem e rodar dois ou três quarteirões pra comprar pães e claro que ele percebeu que nem levamos uma sacola retornável. Afinal, a de plástico da padaria serve pra jogar aquele lixo, todo misturado, lembra?
Ele está até agora sem entender, como somos capazes de ser tão desligados e descuidados com nossa própria casa. Que nem notamos que ela precisa de cuidados, de atenção. E o colapso está logo aí. Batendo à nossa porta!
Ele viu como somos capazes de desmatar, queimar, destruir, poluir, desperdiçar, extinguir, descuidar, enfim. Ele viu tudo! E agora nos faz um pedido. Um pedido simples e direto.
Pensem em mim. Por uma hora! Agora, pensem todos juntos.
Ele escolheu o dia de nossa reunião mundial para reflexão:
Sábado, 28 de março de 2009, das 20 horas e 30 minutos as 21 horas e 30 minutos.
Neste dia nós desligaremos tudo e evitaremos consumir qualquer coisa desnecessariamente.
Vamos apagar as luzes, evitar usar água, desligar eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos. Deixar o carro na garagem. Aquietar-se. Refletir. Conscientizar-se.
Veja como é ficar uma hora "impedido" de usufruir daquilo que o Planeta nos oferta de bom grado e igualmente. Reflita como nossos filhos e netos viverão sem esses recursos.
Mais informações sobre a mobilização organizada por aqui pelo WWF - Brasil:
Ah! Você pode continuar fingindo que nada está acontecendo. E que isso não tem nada a ver com você.
Acredite! Tem algo muito sério acontecendo, com o nosso mundo. Com o nosso Planeta. E somos responsáveis por essa verdade inconveniente!
Reflita conosco, nesta "Hora do Planeta" !

domingo, 22 de março de 2009

Agradecer

Agradecer é muito prazeroso! Imagine você sendo capaz de algo, graças a ajuda de alguém? É tão bom poder contar com o próximo, poder ter aquele amparo sincero e melhor ainda é quando temos o prazer de agradecer aquela pessoa por ter estado conosco naquele exato momento.
...
Agradecer algo assim, óbvio é bem fácil. Sabemos que a ação do outro foi positiva, a pessoa estava ao nosso lado e o resultado foi gerado e reconhecido. Uma pessoa nos ajudando a carregar um móvel pesado de um lugar para outro, por exempo é algo fácil de reconhecer.
...
E quando aquela ajuda vem disfarçada de uma atitude, tida por nós, como negativa? Somos capazes de agradecer? Mais ainda, somos capazes de perceber que aquilo era uma ajuda verdadeira?
...
Aquela bronca durissima, naquele dia. Aquele conselho contrário à nossa vontade. Aquele castigo severo. Aquele sermão sem fim. Aquela critica às nossas atitudes. Aquela negativa a um pedido nosso.
...
Como ele pôde fazer isso comigo? Como ela pôde ser tão insensível? E por aí vai!
...
Conta uma lenda que um mestre e seu discipulo seguiam pelo caminho e depois de alguns dias de estrada, decidiram pedir guarida a uma familia de camponeses, que vivia no alto de uma colina. Chegaram até lá e ficaram surpresos, pois todos os pratos servidos eram derivados do leite. O discipulo perguntou curioso, sobre a razão daquele costume e o dono da casa respondeu mostrando uma vaca, já cansada de tanto produzir leite, que era a unica fonte de sustento daquela família.
...
Depois disso, os dois foram descansar, em leitos cedidos pela família e decidiram seguir viagem no dia seguinte, bem cedo. De madrugada, o mestre chamou o discipulo, pedindo-lhe silêncio absoluto e tomoram o rumo da estrada. Antes disso, o mestre ordenou que seu discipulo jogasse aquela vaca, ribanceira abaixo, dando cabo de sua vida.
...
O discipulo ficou assustado com tamanha crueldade do seu mestre, porém teve que obdecê-lo. Durante o trajeto ele incoformado questionava o mestre sobre como aquela familia faria para viver, a partir daquele dia, sem a unica fonte de sustento que tinham. O mestre nada respondeu. E eles chegaram ao seu destino e ele sempre com aquela pergunta e aquele mal estar no peito por causa da maldade que tivera feito, sob as ordens de seu mestre.
...
O tempo passou. E ele também se tornou mestre. E de volta ao caminho, lembrou-se daquela familia e resolveu visitá-la, pra saber noticias. Chegando lá, encontrou uma bela casa no lugar da casa humilde e uma moça o atende. Ele pergunta pelo chefe da família e ela o leva até seu pai.
...
Desculpe-me meu senhor, passei por aqui há muitos anos e lembro que aqui vivia uma familia humilde, por acaso saberia onde posso encontrá-la?
...
O homem idoso respondeu que eram eles mesmo. Pois sempre viveram ali.
...
O novo mestre, curioso, pergunta o que havia acontecido Afinal, como eles se tornaram tão prósperos?
...
E o homem explicou que havia acontecido um milagre. Um dia um meste e um discipulo haviam estado por lá e algum malfeitor deve ter jogado sua vaca ribanceira abaixo, durante aquela noite, tirando deles a única fonte de vida. Isso os obrigou a encontrar outras maneiras de sobreviver e então começaram a plantar na área que eles possuiam e começaram a vender o que plantavam e a cada dia as coisas iam melhorando até que conseguiram a tranquilidade dos dias atuais.
...
Por fim ele disse: Queria tanto ter conhecido aquele malfeitor, pois graças a sua ação nossa vida mudou para melhor. Percebemos que podiamos e mereciamos muito mais. Que Deus sempre o abençoe, onde quer que ele se encontre.
O novo mestre compreendeu o que seu antigo mestre havia feito. Como pôde ter sido tão tolo para não perceber o bem escondido numa "suposta" má ação?
...
Ou seja, comece a perceber melhor os acontecimentos à sua volta. Aquilo que você classifica como negativo, como sofrimento ou problema. No fundo é a vida empurrando você para frente e para cima!
...
É como se ela disesse: "Ei! Mexa-se! Você pode mais que isso! Você é mais que isso!
...
Agradeça seus problemas, suas dificuldades, aquela pessoa "percebida por você" como dificil ao seu lado. Tudo faz parte do seu aprendizado e crescimento.
...
É desafiador, eu sei. Muitas vezes eu me vejo perdido em minhas lamentações e minhas fraquezas. Tudo isso é normal. O que você deve evitar é que isso seja maior que SUA crença em você, no seu potencial!
...
Comece a semana agradecendo as pessoas que o impulsionam, que contrariam suas vontades, que puxam sua orelha de vez em quando.
...
Em seguida agradeça a si próprio, por ser capaz de vencer tantos obstáculos.
...
Por fim agradeça as adversidades, os problemas, as situações incontroláveis, por que delas, nasce o guerreiro. Delas nasce esse "EU" maravilhoso que você carrega aí dentro!
...
Caso creia em algum ser ou força superior, agradeça-o, por lhe dar forças e apoio nos momentos difíceis e lhe proporcionar tantas alegrias e vitórias.
...
Eu hoje, de inicio agradeço a DEUS e a minha família.
...
Agradeço a muher que me acompanha, me incentiva, me corrige, me encoraja, me faz enxergar minhas falhas, me faz tentar ser melhor, dia após dia.
...
Em seguida eu agradeço meus amigos.
...
E agradeço imensamente a VOCÊ, que me acompanha aqui neste blog, onde sempre tem algo acontecendo!
...
GRACIAS A LA VIDA!

quinta-feira, 19 de março de 2009

O cansaço do guerreiro


A vida é um grande aprendizado. Sempre!
...
E a cada dia aprendemos que quanto melhor, mais fortes, mais determinados nós formos, melhor seremos.
...
Mais teremos!
...
Ensinamos aos nossos filhos a serem fortes e competitivos. Eles aprendem e ensinam aos seus filhos.
...
E quando crescemos temos tantas responsabilidades. Tantas urgências e demandas! É desafio em cima de desafio. Viver é um grande desafio, na verdade!
...
Tudo nos apressa e tudo nos cobra.
...
A mulher, por exemplo, tem que ser mãe, esposa, amante, excelente líder e profissional e ainda preocupar-se com a aparência, com seu aprendizado, com sua postura, com seu astral. Afinal, qualquer coisa pode atrapalhar o seu crescimento.
...
Já o homem, precisa ser bom marido, pai presente e moderno, companheiro de tarefas domésticas, bom executivo, lider ou empresário, planejar cada etapa do futuro de todos (inclusive o dele), preparar-se, aprimorar seus conhecimentos e sua inteligência emocional. Afinal, qualquer coisa pode atrapalhar o seu crescimento (já vi essa frase em algum lugar...)
...
E é nesse mundo de homens, mulheres e crianças guerreiras que percebemos que algumas coisas importantes nos foram subtraídas, sem que notássemos, como e quando.
...
O convívio em família por exemplo foi quase extinto. Cada um está num lugar e num horário diferente. São moradores da mesma casa, no máximo. Escrevem memorandos e resolvem coisas por e-mail ou "conversas virtuais".
...
A simplicidade dá lugar à tecnologia total. Celulares modernos, televisores, computadores, etc. etc. etc. Mais cosas que nos separam de nós mesmos.
...
O mercado está competitivo ao extremo. Todos querem o seu lugar ou "aquele" lugar que você quer. Todos precisam trocar de carro, de casa, de família e por aí vai.
...
É nessa hora que você reconhece o seu cansaço
...
Cansaço de correr atrás de coisas que convencionaram para você. Disseram que você precisa ter a melhor roupa, da melhor marca, o último modelo de carro, aquele celular moderno, computadores de bolso, de mão, de mala, de mesa, aquela TV super hiper master digital, que depois você descobre que precisa do som super, hiper, master digital também.
...
Disseram pra você que não se deve esperar nada da escola pública. O bom mesmo é colocar o seu filho de 02 anos numa escola renomada, onde a mensalidade é mais cara do que o da universidade que seu filho mais velho frequenta. O bom é que ele aprenderá física e matemática aos 3 anos! Puxa! Que bom!
...
Disseram pra você, que não fica bem reclamar das estradas. O bom é pagar pedágios caros em troca de boa estrada, mesmo que você ainda pague imposto sobre a posse do seu veículo, entre outros impostos e taxas.
...
Chega uma hora que você olha pra tudo isso e grita: "Chega!
...
E quando você grita "Chega", você espera que as pessoas parem de dizer o que você precisa ou deixa de precisar.
...
Deve ter algo acontecendo por aí...Sinto isso. Sinto-me estranho e com uma vontade enorme de gritar, bem alto:
...
CHEGA!
...
É! As vezes acontece mesmo. O guerreiro cansa.
...
Ah! Se tiver com vontade também, grite aí...Vai te fazer um bem, danado!

terça-feira, 17 de março de 2009

No seu lugar eu faria...


Vocês já perceberam como temos soluções para os outros? E falamos cheio de propriedade: "Eu no seu lugar faria..."
.
E tem aquelas situações onde queremos saber o motivo da pessoa agir tão errado. O que a levou a tomar tal atitude. E claro que completamos com a nossa maneira de resolver aquele problema ou situação. E explicamos para o outro, que aquilo era óbvio de mais, pra se admitir tal atitude. Criticar aqui é mais importante do que entender.
.
O que esquecemos aqui são três questões básicas:
1) O livre-arbítrio de cada um: O que faz com que cada um seja responsável pelos seus atos e claro, por todas as consequências advindas do tal ato.
2) A base emocional, social e intelectual da pessoa: Cada um resolve ou toma uma atitude conforme sua base nestes campos e para entendê-la deveríamos primeiro, pensar como ela, ou seja, a partir de tais parâmetros.
3) O contexto e momento do fato: Deveríamos levar em consideração, antes de sairmos julgando por aí, o contexto que levou cada pessoa a tomar tal decisão. Afinal, é fácil julgar o que já ocorreu. E como faria você, no momento exato em que ele tomou a atitude?
.
Assim, cada um de nós se torna um verdadeiro Inspetor Bugiganga, com soluções pra tudo e para todos. Com verdades que servem em qualquer pessoa e ocasião.
.
Problemas familiares, de trabalho, escolares, de relacionamento mais íntimo, entre pais e filhos e por aí vai. Reconhecemos logo, uma falha no outro. Justamente nesta palavra que reside todo o centro das questões que julgamos: FALHA ou ERRO.
.
Algumas definições, segundo o Aurélio, para falha e erro:
Falha significa falta, defeito, omissão, lacuna, falência e
Erro significa juízo falso, desacerto, engano
.
Claro que todos nós estamos sujeitos ou a falhar ou a errar. Agora, estamos muito mais propensos a acertar. Observem o seu dia e das pessoas em sua volta. Sendo bem minucioso você descobrirá que todos mais acertam do que erram. E que se observarmos os erros ou falhas de alguém sob o prisma do outro, perceberemos que a intenção daquela pessoa foi positiva. E o que é mais importante? O ato em si ou a intenção de alguém?
.
Pra mim particularmente, eu acredito em intenções. É como um jogador de futebol, vôlei, basquete ou outro esporte coletivo. Aquele jogador tem a intenção de acertar e nem sempre acerta e por isso temos times que perdem e outros que ganham. Jogadores que fazem pontos ou gols e outros que não.
.
Fala sério, você acorda cedo e fala assim, pra você mesmo:
"Hoje vou discutir com 3 pessoas no trabalho, com 2 no trânsito, com alguém da família e vou quebrar alguma coisa em casa. Pronto. É assim que vai ser!"
.
Tenho certeza que isso não acontece. Pode até ser que você nem pense nada. Nem em boas intenções. Agora ninguém sai determinado a estragar algo ou o dia de outra pessoa.
.
Por isso, antes de dizer "no seu lugar eu faria...", coloque-se mesmo no lugar da pessoa e perceba que tem mais coisa boa ali do que você mesmo imagina. Antes de perguntar "por que você fez assim?" comece acreditando que aquela pessoa tinha alguma boa razão inicialmente.
.
Bem, eu no seu lugar leria este post e repensaria algumas crenças como a famosa "Errar é humano!".
Na verdade, "humano mesmo, de verdade, é acertar!"
.
E claro que você já sabe que sempre tem algo acontecendo por aí... Pertinho de você.

segunda-feira, 16 de março de 2009

E se você começasse a agir?

Eu sei. A vida é dura!
...
As pessoas são injustas e ninguém faz nada pra melhorar coisa alguma. Pois é. E essa crise e o governo que não faz nada e aquele vizinho que sempre incomoda. Os filhos que não aprendem e não obedecem. O marido desligado e tem a esposa que não é como você gostaria que fosse. E família? Nossa! É um problemão! E ainda tem o emprego, aquele colega insuportável, o salário baixo, o chefe exigente. E o chefe tem que aturar gente devagar!
...
Lembrei agora da escola. Que saco! Professores burros que não ensinam nada e tornam nossa vida dificil e tem os alunos, que o professor precisa aturar. Bando de mal-educados e preguiçosos. Sem contar que parecem que vivem n'outro mundo!
...
Chega, não é mesmo?
...
Você percebeu como somos capazes de achar culpados pra tudo que nos acontece? E nos esquecemos que o elemento central do mundo de cada um, somos nós mesmos? Pois é! Tudo passa e se define por nós! Simples assim.
...
E se você começasse a agir ao invés de reclamar.
...
Comece agradecendo a existência das pessoas que o rodeia. Provavelmente existe algum propósito para elas estarem justamente ao seu lado.
...
Agradeça aos filhos, ao marido ou a esposa que lhe acompanha.
...
Agradeça ao trabalho que tem ou aos empregados que conseguiu ter e manter na sua empresa ou equipe.
...
Comece a observar o quanto você anda se esforçando para melhorar sua vida. O seu dia! Melhor. O dia do outro. A vida do outro.
...
Você já parou pra se enxergar com os olhos alheios? Como será que seu pai, mãe, marido, esposa, filho, irmão, colega de trabalho e de escola, professor, aluno, amigos veem você?
...
Como será que você tem se apresentado? O quanto tem feito pra ter algo que deseja tanto? O quanto tem contribuido com o outro? Esse outro aí bem pertinho. Nada de ajudar a humanidade, o planeta. Estamos falando do seu vizinho e daquele que mora no mesmo teto que você. Comece por aí.
...
O planeta e a humanidade receberão a sua ajuda por consequência. Acredite!
...
Sempre tem algo acontecendo, bem ao nosso lado. As pessoas têm necessidades. As crianças crescem. Os adultos tornam-se mais experientes e um dia também seguem seus caminhos em outras dimensões. E ficamos aqui, esperando que tudo se resolva para nós.
...
E ficamos aqui nos lamentando do que não temos ou do que temos. Vítimas de nós mesmos. Creio que não é uma boa acontecência, optarmos por sofrer, ao invés de lutar.
...
Tem um texto de Joanna de Angelis que diz:
...
"Aquele que cede ante ao obstáculo, que desiste diante da dificuldade já perdeu a batalha sem a ter enfrentado. Não raro, o obstáculo e a dificuldade são mais aparentes que reais, mais ameaçadores do que impeditivos. Só se pode avaliar após o enfrentamento. Ademais, cada vitória conseguida se torna aprimoramento da forma de vencer e cada derrota ensina a maneira como não se deve tentar a luta. Essa conquista é proporcionada mediante o esforço de prosseguir sem desfalecimento e insistir após cada pequeno ou grande insucesso. O objetivo deve ser conquistado, e, para tanto, a coragem do esforço contínuo é indispensável.Muitas vezes será necessário parar para refletir, recuar para renovar forças e avançar sempre. É uma salutar estratégia aquela que faculta perder agora o que é de pequena monta para ganhar resultados permanentes e de valor expressivo depois."
...
E se você ao invés de lamentar-se ou atribuir aos outros, o que lhe é seu por direito, começasse a agir?
...
Vocês sabem....sempre tem algo acontecendo....sempre!

sábado, 7 de março de 2009

Mulher


Mulher
És caminho da vida e da esperança
E a flor que a enfeita, é feminina
Em seus braços embala a criança
Alegria em brincadeiras de menina!

Com cabelos enfeitados numa trança
Ou bem curtos, no sol ou na neblina
O seu corpo enfeitiça-nos, quando dança
No seus olhos descobrimos nossa sina

A doçura, a meiguice e a beleza
Feminina também é a natureza
E o brilho das estrelas e da Lua

A mulher corajosa e guerreira com certeza
Mãe do amor, da bondade e gentileza
Paz, amor e uma graça que é só sua!
...
Dia 08 de março é um dia especial.
É o dia daquela que nos presenteia com sua graça, força e coragem.
É o dia da mãe maior.
Da nossa mãe Terra.
Da mãe natureza
Das estrelas, da Lua, da Galáxia
Dia da gentileza, da delicadeza, da alegria, da vontade, da harmonia, da paz!
E tantas qualidades femininas mais!

É dia da mãe, da filha, da irmã, da avó, da bisavó.
Dia da empresária, da política, da professora e de tantas outras profissionais
Dia da mulher-empresária-mãe-esposa-filha
Dia daquela que prevê, antevê e enfeita o dia
Flor do dia!

Dia daquela que sofre, que é violentada, injustiçada, discriminada, maltratada
Dia daquele que se redime, que crê e se expressa, sem pressa!

Dia da vencedora e da que chora
Da que ri e devora
Da que seduz e conduz
Da que dá, recebe e compartilha
Dia da trilha

Hoje é um dia, onde muitas coisas acontecem, em algum lugar
Uma flor para todas as mulheres
Um mulher para todas as flores

Que o símbolo de uma luta, iniciada lá 08 de março de 1857, nos faça refletir sobre sua importância. Sobre que antes de serem mulheres ou homens, todos são humanos. E por isso têm direitos iguais.

Parituclarmente, desejo um dia especial a minha esposa (Princesa da Lua), as mães de meus filhos, a minha avó, as minhas filhas, minhas irmãs, minha mãe, minhas cunhadas e amigas.
Enfim! Um super viva às muheres!



CARPE DIEM

quarta-feira, 4 de março de 2009

Geladeira - O santuário dos aniversários infantis


Existem algumas modas e hoje vou falar sobre uma bem interessante que os pais têm: Fazer fotos dos filhos, em imãs de geladeiras, como lembrança de aniversário. E quem tem muito amigo com filhos, acaba criando um santuário na sua cozinha.
...
Eu mesmo, tenho um amigo, que a geladeira dele é repleta de imãs dos aniversários dos filhos de seus amigos. Tem alguns inclusive, que são do meu filho. E é bem ali, no santuário, que percebemos como o tempo passa.
...
Nossa, como fulano tá grande! Olha na foto do ano passado. E nessa do ano retrasado! Caramba. Estamos ficando velhos.
...
E atire a primeira pedra, quem nunca colou um imã de criança na sua geladeira. Daquela fotinha, combinada com desenho animado, com super-herói, com riso sapeca! Isso é um fenômeno da atualidade! Deveria ser objeto de estudo apurado em universidades conceituadas!
...
Imaginem o tema: "O Santuário dos Aniversários Infantis"
...
E neste estudo, poderíamos teorizar sobre as motivações dos pais e dos amigos que mantém o santuário em suas casas. Alguns esqueceriam até de quem seriam aqueles imãs todos. E teria o caso daquele adolescente que chegaria na casa do amigo do pai e se depararia com a foto dele, com 2 aninhos, ao lado do Kung-Fu Panda!
...
Poderíamos estudar também o impacto econômico da produção de imãs de aniversário. Mão-de-obra envolvida, empregos diretos e indiretos gerados com a moda. Pois é! Isso é assunto muito importante!
...
Agora, falando sério, que tal dá um pulinho na sua geladeira, ou naquela gaveta e pegar alguma lembrancinha dessa e lembrar como foi a festinha dele ou dela. As pessoas que você encontrou. A alegria dos pais em poder comemorar a festa do filho ou da filha. Legal, né?
...
Por isso que essas coisas se chamam "lembranças". Elas existem para que você reviva aquele momento lá atrás!
...
E entre um imã de geladeira e outro você percebe que o tempo passa cada vez mais rápido. Que você aproveita cada vez menos as suas relações. Que você talvez visite cada vez menos aquele amigo seu, com filhos. Que a vida é mesmo muito boa pra ser desperdiçada com pendengas, bobagens e outras quirelas interiores.
...
Vá lá no seu santuário e escolha um amigo pra rever. Preferencialmente escolha aquele em que a foto do filho está até meio desbotada.
...
Pois é! Sempre tem algo acontecendo. Até na porta da sua geladeira!
...
CARPE DIEM
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...