domingo, 15 de novembro de 2009

Rio Manso


Rio Paraguai - Pantanal Matrogrossense



Rio manso
No seu remanso
Apague as dores
Leve meus medos
Meus desesperos
Minhas urgências
Meus dissabores

 
Rio manso
No seu remanso
Leva a  ansiedade
Que vem de longe
Das corredeiras
Minhas barreiras
Minha saudade
 
Rio manso
No seu remanso
Desperta a paz
E me revela
Qual o destino
Deste menino,
Do que é capaz?

Rio manso
No seu remanso
Apague a dor
Serenidade
Bela paisagem
Nesta viagem
Reflita o amor!

CARPE DIEM

5 comentários:

Verônica disse...

linda poesia!
Beijos

Little Junior disse...

Opa, gostei do blog
estou seguindo!!
confira o meu.

Little Junior disse...

ei, tem a opção sim!!!
tenho alguns seguidores!
depois olha direitim
grande abraço o/

Little Junior disse...

sou de BH
orkut_ sktjunior@yahoo.com.br
msn_ sk8_junior_sk8@hotmail.com

Srta. Maay. =} disse...

poesia! poesia! poesia!

arte . . .
poesia . . .

poesia! poesia! poesia!

Sá,
acompanhando sempre!

sem comentários!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...