quinta-feira, 21 de maio de 2009



Fé (do gego: pistia e do latim Fides) é a firme convicção de que algo seja verdade, sem nenhuma prova de que este algo seja verdade, pela absoluta confiança que depositamos neste algo ou alguém.

Ou seja, a fé é muito especial. Imagine só! Acreditar sem ver. Sem saber. Sem prova material. Simplesmente acreditar! E é impressionante como a fé remove montanhas. E ela que nos impulsiona.

E aqui, eu falo da fé sem nenhum cunho religioso. Falo daquela fé que temos no poder de nossos pensamentos, nossas ações, no nosso futuro.

E com ela do nosso lado, somos muito mais. E ela não funciona pela metade. Você pode viver com um pouco de sono, com um pouco de sede, com um pouco de fome, com um pouco de preguiça. Agora você não consegue acreditar plenamente, com um pouco de fé.

A fé só funciona inteira. Na totalidade. Completa. Plena. Ou se tem fé ou não se tem. Simples assim.

Por isso, seja lá o que for. Queira lá o que quiser. Pensa lá o que pensar. Faça por inteiro. Tenha fé por inteiro. Acredite plenamente na sua força. Na força da natureza. Na energia que rege o universo.

Afinal ter fé pouca ou pouca fé é mais ou menos como na poesia que escrevi logo abaixo:

“Fé pouca
é que nem riacho secando
amor se esvaindo
pessoas partindo
sono chegando
promessa quebrada
esperança perdida
vida mal vivida
alegria contida
poesia repetida
imagem mal refletida
pessoas esquecidas
memórias perdidas
tudo isso
é a mesma coisa
que fé pouca..”


E como disse um amigo meu, muito querido, adaptando uma frase de Napoleon Hill:

"Não correr riscos é simplesmente arriscar tudo"

Assim é a vida! Vamos viver com fé plena. Que tudo seja e aconteça sempre inteiro pra você! Sempre!

Um grande abraço fraterno!

Um comentário:

Srta. Maay. =} disse...

*-* é boom tê-lo novamente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...