terça-feira, 19 de maio de 2009

"Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é..."


Essa frase foi tirada da música "Dom de Iludir", de Caetano Veloso. E é ela que me traz de volta ao nosso lugar de acontecências. Estive sumido sim. Estive longe. Dentro de mim.
...
Dentro de nós, talvez seja o lugar mais distante que podemos nos esconder.
Cada um sabe bem, a dor e a delícia de ser o que é.
Cada um conhece os atalhos de seus sentimentos.
...
E muitas coisas aconteceram comigo, desde a minha última passagem por aqui. Como já sabemos, sempre tem algo acontecendo.
...
E tenho me pego refletindo sobre essa frase do Caetano. Ela insistiu em fazer morada na minha mente por todo esse tempo e a cada dia que pensava nela, me pegava tentando traduzir-me.
...
E percebi, nesta busca que à medida que crescemos, que ganhamos mais experiência, nos afastamos um pouco mais daquilo que éramos, um dia. Pelo menos, comigo se passou isso. Olho pra trás e me vejo lá longe...diferente...
...
Tento fixar o olhar naquela figura de alguns anos atrás e percebo que é dificil cumprimentá-lo. Ele não me reconhece. Eu não o reconheco. Sou um estranho pra mim mesmo.
...
Percebo mais. Quando me esforço um pouco mais. Quando insisto um pouco mais, noto que muito daquele EU está aqui comigo agora. A essência daquele outro EU, de algum tempo atrás me acompanha. Me orienta. Me acalma.
...
Provavelmente, essa seja a postagem mais pessoal que já me propus a fazer. Não podia privar-me desse direito. De colocar nestas linhas, um pouco sobre esse sentimento.
...
E claro que esse EU que descubro hoje tem muitas coisas que foram melhoradas e outras que foram perdidas e outras ainda que foram adormecidas, num canto qualquer, dentro de mim mesmo.
...
E o que mais que alegra é que EU ainda estou lá dentro. Num canto, numa gavetinha, pronto pra ser Re-descoberto.
Um conselho que dou e me dou todos os dias é que não é lá muito bom ter respostas para o outro. Prontas! Isso não é nada bom. Afinal, cada um sabe muito bem, a dor e a delícia de ser o que é!
...
É isso.
...
Bom. Estar de volta. Bom estar aqui. Mesmo que seja numa postagem bem pessoal. Bem sobre mim.
...
Andava sentindo falta desse espaço...
...
Um grande abraço fraterno a todos aqueles que com paciência e generosidade, me acompanham, aqui.

Um comentário:

Srta. Maay. =} disse...

como é bom saber que férias não duram uma vida inteira, seja bem vindo novamente, &' nesse tempo que ficastes fora, muuita coisa aconteceeu, &' como você sempre diz: 'tem sempre algo acontecendo'!
A casa é sua.! Lindo post! (=

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...