segunda-feira, 16 de março de 2009

E se você começasse a agir?

Eu sei. A vida é dura!
...
As pessoas são injustas e ninguém faz nada pra melhorar coisa alguma. Pois é. E essa crise e o governo que não faz nada e aquele vizinho que sempre incomoda. Os filhos que não aprendem e não obedecem. O marido desligado e tem a esposa que não é como você gostaria que fosse. E família? Nossa! É um problemão! E ainda tem o emprego, aquele colega insuportável, o salário baixo, o chefe exigente. E o chefe tem que aturar gente devagar!
...
Lembrei agora da escola. Que saco! Professores burros que não ensinam nada e tornam nossa vida dificil e tem os alunos, que o professor precisa aturar. Bando de mal-educados e preguiçosos. Sem contar que parecem que vivem n'outro mundo!
...
Chega, não é mesmo?
...
Você percebeu como somos capazes de achar culpados pra tudo que nos acontece? E nos esquecemos que o elemento central do mundo de cada um, somos nós mesmos? Pois é! Tudo passa e se define por nós! Simples assim.
...
E se você começasse a agir ao invés de reclamar.
...
Comece agradecendo a existência das pessoas que o rodeia. Provavelmente existe algum propósito para elas estarem justamente ao seu lado.
...
Agradeça aos filhos, ao marido ou a esposa que lhe acompanha.
...
Agradeça ao trabalho que tem ou aos empregados que conseguiu ter e manter na sua empresa ou equipe.
...
Comece a observar o quanto você anda se esforçando para melhorar sua vida. O seu dia! Melhor. O dia do outro. A vida do outro.
...
Você já parou pra se enxergar com os olhos alheios? Como será que seu pai, mãe, marido, esposa, filho, irmão, colega de trabalho e de escola, professor, aluno, amigos veem você?
...
Como será que você tem se apresentado? O quanto tem feito pra ter algo que deseja tanto? O quanto tem contribuido com o outro? Esse outro aí bem pertinho. Nada de ajudar a humanidade, o planeta. Estamos falando do seu vizinho e daquele que mora no mesmo teto que você. Comece por aí.
...
O planeta e a humanidade receberão a sua ajuda por consequência. Acredite!
...
Sempre tem algo acontecendo, bem ao nosso lado. As pessoas têm necessidades. As crianças crescem. Os adultos tornam-se mais experientes e um dia também seguem seus caminhos em outras dimensões. E ficamos aqui, esperando que tudo se resolva para nós.
...
E ficamos aqui nos lamentando do que não temos ou do que temos. Vítimas de nós mesmos. Creio que não é uma boa acontecência, optarmos por sofrer, ao invés de lutar.
...
Tem um texto de Joanna de Angelis que diz:
...
"Aquele que cede ante ao obstáculo, que desiste diante da dificuldade já perdeu a batalha sem a ter enfrentado. Não raro, o obstáculo e a dificuldade são mais aparentes que reais, mais ameaçadores do que impeditivos. Só se pode avaliar após o enfrentamento. Ademais, cada vitória conseguida se torna aprimoramento da forma de vencer e cada derrota ensina a maneira como não se deve tentar a luta. Essa conquista é proporcionada mediante o esforço de prosseguir sem desfalecimento e insistir após cada pequeno ou grande insucesso. O objetivo deve ser conquistado, e, para tanto, a coragem do esforço contínuo é indispensável.Muitas vezes será necessário parar para refletir, recuar para renovar forças e avançar sempre. É uma salutar estratégia aquela que faculta perder agora o que é de pequena monta para ganhar resultados permanentes e de valor expressivo depois."
...
E se você ao invés de lamentar-se ou atribuir aos outros, o que lhe é seu por direito, começasse a agir?
...
Vocês sabem....sempre tem algo acontecendo....sempre!

2 comentários:

Mulher na Chuva disse...

Você conhece Joanna de Angelis ....... claro que sim, né????

Srta. Maay. =} disse...

Lindo post...

umas verdades boas de ouviir (:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...