quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Confiar

Segundo o dicionário: Confiar - 1. acreditar (confiar em alguém) 2. contar, revelar (confiar um segredo a alguém) 3.entregar, dar (confiar um pacote a alguém); (confiar um trabalho a alguém).
Confiança na prática é muito mais do que lemos nos dicionários. Confiança é algo que se conquista. É construída.
Raramente confiamos em algo que não conhecemos. Seja um novo produto, um novo caminho, uma nova cidade, casa e por aí vai. Primeiro precisamos nos ambientar, medir seus limites, conhecer seus recursos e só depois de tudo conferido e expectativas atendidas é que confiamos de verdade.
Com coias é mais simples. Se você deixa de confiar no seu carro, você troca-o por outro confiável. Se perdeu a confiança na segurança que sua casa apresenta, você muda de endereço. Vai pra um lugar mais seguro. Se você deixa de confiar no seu computador. Ele vira sucata e você compra um novinho em folha. Moderno e confiável!
Agora quando confiança envolve pessoas a coisa complica um pouquinho.
Confiança é conquistada, construída pouco à pouco, numa relação. Quando trata-se de pessoas desconfiadas ou recalcadas, pode-se levar anos pra se ganhar sua confiança e minutos para perdê-la.
Você só é promovido no seu trabalho se seu chefe confiar no seu talento, na sua integridade ética e profissional.
Você só ganha aquela menina ou aquele menino se, para os padrões dele ou dela, você mostrar-se confiável, como companheira ou companheiro.
Você só convence alguém a acreditar em você, se você mostrar-se confiável.
Você pode pensar, neste momento, que isso pouco importa. Que pra você, pouco importa a imagem que fazem de você ou de seus atos. O importante é você estar bem consigo e confiar em si mesmo. E isso lhe basta! Talvez isso seja possível. Por pouco tempo.
Nascemos para compartilhar. Vejam só. Um ato solitário, como este, de escrever num blog. De que valeria, pra quem escreve, se as pessoas que o lessem não confiassem em suas palavras. Não acreditassem que ali continham mesmo o pensamento daquele que vos escreve. Por mais simples, por mais "desconexas", por mais "estapafurdias" que fossem as ideias ali compartilhadas.
As pessoas não querem sempre que todos concordem com suas ideias. No fundo elas querem que todos confiem que é daquele jeito que elas pensam e a respeitem por isso.
Confiança remete a respeito.
Confiança remete a relação duradoura.
Confiança remete a tranquilidade e segurança.
Por issso, segue um coselho: Procure sempre ser confiável. Muitos frutos virão a partir desse objetivo simples.
É isso.
Até o próximo post!

3 comentários:

Cris disse...

Olá Samuel!
Venho em nome de todos os membros da equipe "Dedo de Moça" agradecer ao Prêmio Dardos ofertado a alguns dias atrás.
A vc o meu, atrasado, mas sincero muito obrigada! ;)

E sobre confiança, é, na minha opinião, imprescindível para qualquer relação.
Sinto que perdemos alguém quando deixamos de confiar nele, assim como nos perdemos quando deixamos de lado nossa auto-confiança... E por aí vai!
Beijinhos! ;***

Srta. Maay. =} disse...

Eu confio em suas palavras! *-*

Bela disse...

Samuel,
Aqui realmente sempre tem algo acontecendo e é confiável.
Bjos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...