quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Sonhos de um novo ano!


Para cada coisa, um tempo
Para cada tempo, um significado
Para cada sono, um sonho
Para cada sonho, um desejo
Para cada desejo uma realização
Para cada realização, uma ação
Para cada ação, muita entrega
Para cada entrega, coração puro
Para cada coração puro, amor
Para cada amor, alguém
Para cada alguém, boas intenções
Para as boas intenções um alguém
Para alguém, amor
Para o amor, um coração puro
Para o coração puro, a entrega
Para a entrega, uma ação
Para a ação, realização
Para a realização, um desejo
Para o desejo, um sonho
Para o sonho, o sono
Para o sono, um significado
Para o significado, o tempo
Para o tempo, uma coisa!


Nossa vida é como essa poesia
Ela começa e recomeça
Ela vai e vem
Porém para cada ida e recomeço
Tudo tem um novo significado
Um novo brilho


À medida que amadurecemos, aprendemos um pouco mais, crescemos mais.


O "Sempre tem algo acontecendo" deseja que sempre aconteça algo na vida de cada um, que por aqui passa. 
E mais! Que no ano que principia possamos perceber tudo o que acontece à nossa volta! Afinal, a vida é feita de pequenos detalhes, de pequenas acontecências. Vislumbre-as! Delicie-se! Vibre! Ame!


E principalmente...


...CARPE DIEM!


Com amor e carinho (hoje com assinatura)


Samuel Quintans 

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Mensagem de Natal (Chico Xavier)

Senhor Jesus!...

Ante o Natal
Que nos refaz na Terra o mais formoso dia,
Somos gratos a todos os irmãos,
Que te festejam, entrelaçando as mãos
Nas obras do progresso.

Vimos também trazer-te a nossa gratidão
Pela fé que acendeste
Em nosso coração.
Mas, se posso, Jesus, desejo expor-te
O meu pedido de Natal;
Falando de progresso, rogo-te, se possível,
Guiar os homens e as mulheres,


Sejam de qualquer nível,
Para que inventem, onde estejam,
Novos computadores
Que consigam contar
As crianças que vagam nos caminhos,


Sem apoio e sem lar,
E os doentes cansados e sozinhos,
Presos no espaço de ninguém,
Para que se lhes dê todo o amparo do Bem.


Auxilia, Senhor, a humana inteligência
A fabricar aeronaves
Dentro de segurança que não erra,
Que possam transportar remédio,
alimento e socorro,
Onde a dor apareça atribulando a Terra.


Que o mundo te receba as bênçãos naturais
Doando mais amor aos animais,
Que nunca desampare as árvores amigas,
Não envenene os ares,
Nem tisne as fontes, nem polua os mares,
Que o ódio seja, enfim, esquecido, de todo,
Que a guerra seja posta nos museus,
Que em todos nós impere o imenso amor de Deus.


Que o teu Natal se estenda ao mundo inteiro
E que, pensando em teu amor,
De cada amanhecer
Que todos resolvamos a fazer
Um dia novo de Natal...


E que, encontrando alguém,
Possamos repetir, tocados de alegria,
De paz, amor e luz:
Companheiro, bom dia,
Hoje também é dia de Jesus.


(Mensagem recebida por Francisco Cândido Xavier, no Grupo Espírita da Prece, em reunião pública da noite de 25 de setembro de 1982, em Uberaba - MG)·.

CARPE DIEM

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

A criança na árvore




Cresci sim

Cresci em tamanho
Cresci na idade
Cresci no semblante
Cresci no pensamento
Cresci sim
Reconheço
Ainda hoje (confesso)
Eu trepo em árvores!
Adoro goiabeira
Seus galhos
Forquilhas
Casca fininha
Árvore baixinha!
Ou daquelas compridas!
Me sinto tão bem
Lá no alto
Um pulo gostoso
Coração pela boca
Brincadeira boba
Brincadeira alegre
de criança
Jamais pode ser
Um brincadeira boba!

CARPE DIEM

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Sinergia Dialética






Querer é sim poder;
Poder não é exercício de força;
Força é algo que pode ser desproporcional, em certas ocasiões;
Em certas ocasiões é melhor refletir;
Refletir deveria ser obrigatório quando estamos irritados;
Irritação é um sinal de perda de controle da situação;
Cada situação pode ser boa ou má, depende de como a enxergamos;
Enxergar é olhar entre os dedos da nossa mão; Experimente!
Nossa mão serve para afagar e para bater. A escolhe é nossa!
Escolher sempre é um desafio. Escolha o que lhe toca
Somos tocados por muitos sentimentos. Respeitá-los é essencial.
O essencial é invisível aos olhos
Nossos olhos são luzes do nosso ser
Cada ser tem um papel aqui na Terra;
A Terra é a escola que escolhemos para aprender a viver
Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Ser feliz é uma questão de atitude
Atitude é a combinação de sentir + querer + realizar
Realizar é para poucos
Poucos sabem o quanto são capazes de influenciar
Influenciar é guiar o próximo para o melhor caminho
O caminho cada um escolhe. Porém somos todos responsáveis
Somos sempre responsáveis por aquele que cativamos
Cativar é criar laços. Envolver num abraço
O abraço é o laço do coração
O coração é a morada de nossos desejos e sentimentos
Sentimentos bons atraem sentimentos bons
Sentimentos bons dependem de uma boa higiene mental
Nossa mente escolhe a sintonia que deseja
O desejo é algo que nos impulsiona pra frente
Pra frente é que se anda
Andando, esquecemos de dores do passado
O passado deve servir para nos ensinar.
Ensinar é uma arte
A arte é uma expressa do amor
O amor pode tudo
Tudo depende de você
Você pode ser gente grande ou criança
A criança é o símbolo do perdão
Perdoar é tão importante quanto ser perdoado
Ser perdoado é um sorriso da alma.



CARPE DIEM!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Alguém Total


"Alguém Total" é  o título de uma composição de Dante Ozetti, interpretada pela Ceumar.
Uma música que fala do abraço, de uma maneira poética.
Apreciem sem moderação!
(clicando no título da música vocês teem o vídeo com a Ceumar e o Luiz Tatit!)
E a letra-poesia, está logo abaixo:

Vem me abraçar, vem
Vem reparar bem
Quem é que abraçou quem
Pois vou lhe abraçar também

Quem dá um abraço
Não sabe se deu
Ou se devolveu
Ou se perdeu


Quando o abraço sai alguém e não volta
Não envolveu
Anunciou
Renunciou
Dissolveu


Quem quer um pedaço
Um pouco de alguém
Abraçando tem
E ainda mais
Se o abraço for além de um minuto
Aí é fatal
Envolveu
Você tem
Um alguem Total


CARPE DIEM
Sintam-se abraçado além de um 1 minuto, combinado?

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

A soma de todo nós! (Para Rubem Alves)


Um pouco de você em mim
Um pouco do outro em você
E no outro
Um pouco de mim e   de você
E nós juntos somos um
E cada um
É um pouco de todos nós

Quando negamos um pouco do outro
Também negamos um pouco de nós
E quando você nega um pouco do outro
Nega um pouco de você
E outro nega a ele mesmo
Quando nega um pouco de nós

Somos injustos com todos nós
Quando somos injustos com o outro
Afinal
Cada um
Tem um pouco de nós
De bom e de não tão bom!

E quando amamos o outro
Amamos támbém um pouco de nós
Que de melhor tem no pouco do outro
Somos amados no outro
E no outro
Que certamente tem um pouco de nós!

Reparem bem, como tudo que fazemos ao outro
Por sermos a soma de todos nós
Fazemos a nós mesmos
Seja de bom ou de não tão bom

Será que sempre daremos o melhor que temos
Pra ser acrescentado na soma de todos nós?
Seremos tolerantes com o outro
Que tem um pouco de todos nós
E desta forma
Seremos tolerantes com nós mesmos!

Que possamos amar um pouco do outro
Um pouco de nós
Que faz parte
De todos nós!

CARPE DIEM!

P.S. Este singelo texto eu escrevi, pensando no Rubem Alves, grande pensador e escritor que sempre acrescenta algo a cada um de nós. E pensar que nele também tem um pouco de mim, de você, enfim, de todos nós!
Querem conhecer a casa de ideias do Rubem Alves?
É só clicar sobre seu nome!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Tudo é seu!


Vivemos aquilo que merecemos.
Tudo que nos é dado é na medida certa.
Alegria
Dores
Sorrisos
Coragem
Medo
Tudo!

De nada adianta lamentar-se! Tudo é seu!

Os problemas
As conquistas
As dificuldades
Os desafios
Tudo é seu!

O que te leva a chorar pelo que lhe é entregue?
Reclamar pelo que lhe é dado?

Viva sua vida e aceite tudo como uma grande lição e oportunidade de progresso.
Sempre!

Irmão Josueh
(psicografia de Samuel Quintans, em 23/09/2004)


Vamos refletir sobre essa mensagem

CARPE DIEM

domingo, 15 de novembro de 2009

Rio Manso


Rio Paraguai - Pantanal Matrogrossense



Rio manso
No seu remanso
Apague as dores
Leve meus medos
Meus desesperos
Minhas urgências
Meus dissabores

 
Rio manso
No seu remanso
Leva a  ansiedade
Que vem de longe
Das corredeiras
Minhas barreiras
Minha saudade
 
Rio manso
No seu remanso
Desperta a paz
E me revela
Qual o destino
Deste menino,
Do que é capaz?

Rio manso
No seu remanso
Apague a dor
Serenidade
Bela paisagem
Nesta viagem
Reflita o amor!

CARPE DIEM

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Vergonha (ou quando o tiro sai pela culatra...)




Houve um tempo em que os faltosos (criminosos) eram levados à exposição pública e apedrejados por seus "juízes" (leia-se, todos os demais do povoado). Era assim mesmo. Eles matavam o seu semelhante a pedradas. As vítimas destes julgamentos geralmente eram mulheres, devido seus desvios de conduta (?).
...
Em alguns países julgam-se as mulheres que traem seus maridos ou são abusadas e engravidam. Ela pode ser apedrejada também, porém uma das penas comum é o estupro coletivo, por exemplo.
...
Violação do ser.
...
Estamos no ano de 2009. Século XXI. Brasil. País de regime democrático. Em uma universidade, localizada numa das maiores metrópoles do mundo.
...
Uma aluna é julgada ao apedrejamento verbal e tecnológico. Sim. As pedras foram substituidas, por insultos, flashes de celulares e camêras fotográficas.
...
Imagine você ter à sua volta cerca de 700 colegas(?) bradando os insultos mais baixos, com suas câmeras e celulares em punho, tentando arrombarem portas, apenas por que você estava "provocante"?
...
Imagine a tal universidade sendo pressionada por parte destes mesmos 700 "animais irracionais" que lá estudam(?) a expulsarem a tal aluna indecorosa(?), pois a mesma pode sujar o nome(?) da tal universade e prejudicar a formação e a carreira destes futuros profissionais(?).
...
Eis aqui varios tiros saindo pela culatra:

  • Tiro 1: A tal universidade é particular e claro que precisa se manter economicamente e entre posicionar-se contra os quase 700 alunos e uma aluna que se vestiu de maneira inadequada(?) (segundo a opinião da tal universidade) ela opta pelo caminho mais simples. Pune a moça e dessa maneira tudo fica bem. Ledo engano!
    ...

  • Tiro 2: Por outro lado, a menina que resolve usar tais roupas inadequadas(?) tem a intenção de provocar, de fazer uma brincadeira, se de fato ocorreu o que dizem que ocorreu, claro. Ela perde o controle da situação. Se desespera e percebe onde tudo aquilo foi parar. Ela está errada por usar esta ou aquela roupa? Respondo eu. Não!
    ...

  • Tiro 3: Os alunos(?) que começaram o tumulto no fundo foram inconsequentes e com certeza jamais imaginaram que tal atitude tomasse tal proporção. Certamente não foi algo premeditado e a brincadeira, virou provocação, que virou agressão, que virou bárbarie.
Em relação a Universidade, ela deveria saber que quase sempre, quando optamos pelo caminho mais fácil sempre temos consequencias inesperadas. Isto é um fato. Sinceramente, essa "empresa" está muito mal servida de executivos "de decisão". Ou estava, por que provavelmente alguns perderam seus postos depois deste infeliz incidente.
...
O mais incrível que não estamos falando aqui de um ambiente "bruto". Estamos falando de uma universidade. Centro de cultura, inclusão social, de desenvolvimento de pessoas. E pensem comigo. Se a direção de uma universidade toma tal atitude e o que podemos esperar de seus alunos? Observem que, pelo menos até agora, nada foi sequer noticiado contra os alunos que humilharam um ser humano. Nenhuma apuração. Nada. Remendaram a situação, revogando a expulsão da moça. Lamentável e vergonhoso.
...
Quanto a moça, eu enxergo muito mais com uma questão cultural do que moral. É claro que cada um pode se vestir como quiser. Isto nem está em discussão. O fato é que existem convenções simples. Imagine que essa moça trabalhasse numa empresa e a direção da empresa a orientasse que tais vestimentas não eram adequadas ao cargo que ela ocupasse. Como ela se comportaria? E isso não tem nada  a ver com preconceito. Tem a ver com conduta e posição da empresa. Ou se ela fosse convidada para uma festa de casamento ou de gala, vestiria-se da mesma forma?
...
A questão aqui nem é a moça, muito menos o que ela veste ou deixa de vestir. É o quanto as instituições estão desacreditadas e banalizadas. Afinal, são menos escandalosos(?) que essa moça os tais 700 alunos que de maneira vergonhasa e covarde a humilharam. Cada um destes 700 alunos deveriam refletir sobre o quanto eles podem esperar uns dos outros. O mais incrível é que no meio dessa "galera" tinham meninas, vestidas de minissaias participando do evento de "apedrejamento digital", mais inflamadas que os meninos.
...
Devemos muitos destes acontecimento a essa cultura do sucesso fácil chamado reality show. Vemos mulheres e homens agindo de maneira vulgar em novelas brasileiras, filmes americanos, seriados, comerciais de TV, etc.
...
É o sucesso fácil. É a banalização do corpo humano. É a transformação de uma pessoa em um objeto de desejo. Tudo isso faz com que uma moça aja dessa maneira, que uma massa se comporte como animais e que uma universidade se comporte como a "mãe inquisidora" da idade média.
...
Não se pode generalizar. Agora, que tipo de profissionais essa universidade forma? Quais cidadãos ela entrega a sociedade? Algo me diz que muita coisa, numa empresa desta precisa ser revisto. A começar pelo respeito e conduta moral de sua direção para com seus alunos.
...
Algo me diz que muito precisa ser feito em relação a estes tais alunos, que participam de um movimento como este. Falta muito discernimento a estes jovens. Muito mesmo.
...
Pois é! As vezes acontece isso mesmo. O tiro sai pela culatra.
...
Essa universidade sentiu isso na pele. SInto pelo fundador, pelo reitor atual, pelos alunos decentes, por essa moça, pelas familias destes alunos desequilibrados e alguns donos da verdade, por estes profissionais da universidade "cheios de pudor(?)" e desqualificados que orientam certas decisões.
...
Jamais esta empresa será a mesma. Jamais estes alunos serão os mesmos. Hora de refletir e humildemente se redimir. Resignar-se não é covardia e sim encarar o que recebemos com dignidade.

Ressalto que ninguém julga ninguém e a intenção deste texto é simplesmente levar-nos a reflexão sobre os caminhos que estamos dando a nossa evolução. Que legado estamos deixando aos nossos jovens?


CARPE DIEM

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

A poesia da simplicidade


Um sorriso pode transformar o dia de alguém...
Um obrigado sincero também
Experimente olhar nos olhos das pessoas
Veja só! Quantas coisas boas!
Que nascem com pequenos gestos
De sentimentos verdadeiros e honestos

Caminhe devagar, passo lento
Deixe-se levar pelo sabor do vento
Colha a flor de um jardim, de um canteiro
Abrace! De verdade e de corpo inteiro!
Confie mais, entregue-se mais ainda
A vida não é só bela. Ela é linda!

Acredite que um sonho pode tornar-se verdadeiro
Mesmo que seja apens por um minuto inteiro
E já ouvi alguém dizer que viveu a vida num minuto
E isso é possível por que tudo é relativo. Nem tudo é absoluto!
Talvez você esteja ocupado demais para brincadeiras
Quer um conselho: Fale algumas besteiras!

A vida é um grande palco. Entre de vez nesta dança
Você pode, mesmo sendo adulto, voltar a ser criança
Afinal, ser criança não tem nada a ver com idade
Tem a ver com disposição e disponibilidade!
Tem a ver com criativiade e muita coragem
Há de ser corajoso aquele que aceita despir-se de sua imagem!

Você pode ver o simples em vários lugares
No canto dos pássaros, nas árvores
No colorido dos peixes, na límpida água
Na cachoeira, no rio que deságua
Na correira da criança espoleta!
No vôo azulado, daquela rara borboleta!

Simples assim
Como esta poesia
da
Simples
Cidade

CARPE DIEM

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Estes blogs viciam!!!


Este selo eu recebi da Niña, do blog  "Tocando Estrelas"
...
As regras deste selinho são as seguintes:
...
1.Exibir a imagem do selo que acabou de ganhar
2.Postar o nome do Blog que te presenteou
3.Indicar 10 blogs
4.Avisar os indicados e publicar as regras
5.Conferir se os blogs indicados cumpriram as regras.
...
Então, vamos lá...
...
Blogs que viciam:
2. A Optimista, da Diana Valentina
3. Essa boneca tem manual, da Sandy Quintans
4. Mulher arquitetando, da Sonia Losso
5. De tanto se inspirar, pirou, da Helen Quintans
6. Escritos Sonhados, da Gláucia
7. Reflexo, da Bela
8. Giz colorido, da Lice, Lu, Rê e Beca
9. Ana Coutinho, de Ana Coutinho
...
Muito bom ter recebido este delicado selo. Ter alguém que nos lê faz toda a diferença! Apareçam sempre e comentem! Será sempre um prazer receber cada um de vocês!
...
Espero que gostem de minhas indicações. São blogs super 10!
...
CARPE DIEM 

terça-feira, 3 de novembro de 2009

A vida é fantástica!


E pensar que tem pessoas que reclamam da vida! Reclamam das pessoas com quem convive. Reclama da situação. Será que elas não sabem que a vida é fantástica?


Você pode sorrir com uma brincadeira de criança
Pode-se encantar com o colorido das flores
Encantar-se com o vôo das borboletas
Sentir-se iluminado com pisca-pisca dos vagalumes
Banhar-se num rio límpido
E deixar que suas águas leve todo cansaço
Experimente revigorar-se numa cachoeira
Contemple a mágica do renascer
Um novo dia, sempre será uma dádiva
Uma nova chance pra recomeçar


Você pode encantar-se com o crepúsculo
Ou com o céu enluarado
Pode ser que sinta-se maravilhado ao olhar para estrelas
E brincar com os milhões de pontinhos coloridos no céu


E se isso não for suficiente para achar essa vida fantástica!
Você pode ainda prestar atenção no mais óbvio
Na força de um abraço
No carinho de um olhar amigo
Na doçura de palavras, ditas por alguém especial
Nos desafios diários
Nos problemas! Sim, isso mesmo! 
Nos problemas, dificuldades e diferenças
Crescemos e saímos sempre melhores do que entramos!


Sorria!
A vida é fantástica!
Admita!


CARPE DIEM


Ah! E o que tem isso tudo com a imagem acima? Tudo e nada. Nada, por que não falamos sobre o número 100 e tudo por que essa é a postagem de número 100, do "Sempre tem algo acontecendo!" e pra mim, isso mostra como a vida é fantástica.


Foram 100 oportunidades que tive de prosear com pessoas especiais, como você, aí do outro lado!

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

A vida sempre continua!



Hoje ofereço esse jardim às pessoas que não passaram em branco, quando estiveram por aqui. Pessoas "famosas" ou "anônimas". Se bem que, fala a verdade, tem alguém mais famoso pra você do que seu avô ou sua avó. O que faz a pessoa importante não é o quanto ela é conhecida e sim o quanto ela nos acrescenta e o quanto amamos aquela pessoa. Esse jardim de girassóis é também para aquela pessoa querida que você recordar, quando ler este pequeno texto.
...
Presenteio meu avô José Quintans (ou Zé Quintanhas, como era conhecido), nascido na época do cangaço, viveu lá na caatinga, no sertão da Paraíba, criador de bodes e agricultor, lá no saudoso Sítio Anjiquinho, na cidade de Monteiro. Devia ser bem mágico ter nascido em 1901, inicio do século passado, com bem menos recursos que hoje. Que aventura! Não é a toa que Zé Quintanhas era um excelente contador de causos de onça, Lampião, Antonio Silvino   e de  histórias fantásticas do além. Como dizia ele, era um homem "temente" a Deus!
...
Lembro de minha avó Quitéria, fiel escudeira de Zé Quintanhas, que partiu há pouco tempo e que fazia comidas deliciosas, lá de nossa terra. Cozinhar era a maneira dela de dizer eu amo você. Mulher de poucas palavras, porém de coração grande. Viveu junto com minha mães muitas trapalhadas (que a turma de hoje chama de pagar mico). Claro que as trapalhadas eram criadas pela minha mãe. Suas histórias até hoje rendem muitas risadas entre nós!
...
Avó Carmela (avó da Sônia) foi alguém que convivi pouco. A Nona, como ela se intitulava. Uma Italiana autêntica, cozinheira exímia e claro, amantes das massas. Mesa farta sempre foi com ela. Pena que convivi tão pouco com essa nona toda especial. Foi um prazer conviver com suas "maluquices" e sabedorias. E assim como ela nos chamava, quando falávamos de mais, tratava-se de uma mulher, muito "boa de bico".
...
Essas três pessoas passaram mais de 80 anos entre nós. Imaginem o quanto contribuíram com o que somos. Hoje elas ensinam em outras escolas. E certamente são dignas das missões que receberam. Aqui vai uma dica. Desfrutem mais das presenças de seus avós. Sejam mais pacientes. Não se iludam, eles podem lá não entender nada de modernidade, de computador, de internet, dos "papos de hoje", só que entendem da vida muito mais do que vocês possam imaginar. Todos seriam bem melhores se ouvissem mais seus avós.
...
Flores pra vocês, nossos queridos avós! Flores também para os nossos queridos tios que já partiram.
...
Esse jardim é para os amigos especiais como o Saulo, que partem tão jovens  (sim, era jovem, tinha a minha idade!) e nos ensina tanto. Saulo era professor universitário e professor da vida. Imagino quantos alunos desprezaram seus ensinamentos. Preferiam tomar cerveja a ouví-lo, quando na verdade ele apenas tentava prepará-los para o mundo lá fora. Imagino quantos sentiram sua falta, quando partiu. Convivi com esse moço, de ritmo tranquilo e voz marcante. Convivi com seu jeito interiorano e suas palavras sábias. Girassóis pra você meu amigo! Que belas aulas você deve estar ministrando aos alunos do plano espiritual! Claro, que sempre com sua conhecida excelência!
...
Quantos amigos a gente deixa passar em branco? Mestres da vida. Agentes de bondade. Os amigos são nossos protetores.
...
E existem pessoas que não as conhecemos de pertinho, mas fazem muita diferença por seu talento, bondade, sabedoria e tantas outras qualidades!
...
A nossa perda mais recente dessa categoria foi Mercedes Sosa, La Negra. Mulher generosa com o povo latino e com sua cultura. Suas interpretações emocionavam bem no fundo. Seu jeito simples de ser. Sua preocupação com as mazelas da nossa querida "latinoamérica". Flores Mercedes e Gracías a la vida!
...
Ayrton Senna "do Brasil" era um Silva. Um autêntico brasileiro. Corajoso e inventivo. Talentoso e lutador. Nos deixou muitas lições e uma delas, talvez a mais importante é que "tudo é possível". Basta que acreditemos e claro trabalhemos duro!
...
Chico Xavier, outro brasileiro que nos ensinou o poder da caridade e da bondade. Como é possível fazer muito pelo próximo com pouco. Como o amor é importante para a humanidade. Só o amor poderá mudar esse mundo. Só o amor constrói!
...
Esse jardim também vai para Luiz Gonzaga e seu Gonzaguinha, Paulo Autran, Raul Seixas, John Lennon, Renato Russo, Cazuza, Madre Teresa de Calcutá, Ghandi e todos aqueles que você se lembrar na leitura deste post!
...
O dia de hoje não é para chorar de tristeza. É sim, para sentir saudade. Enviar pensamentos elevados aos nossos entes queridos que seguiram seus caminhos. Mentalizem os jardins mais que mais gostam e presenteiem cada um daqueles que partiu. Eu escolhi esse aí de cima. O girassol pra mim é vida, é esperança de uma vida melhor e principalmente uma homenagem a todos que me ajudaram a ser uma pessoa melhor.
...
Equilíbrio e lembrança boa!
...
Afinal, a vida sempre continua!
...
CARPE DIEM 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...