segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Que venha 2009!

Ano novo é muito bom!
Imaginem se o tempo não fosse contado?
E se nem existem horas, dias, semanas, meses e principalmente os anos?
E os "anos" são como viagens longas ao sol.
365 quilometros de estrada!
E quando nos aproximamos dos quilometros finais! Que alegria! Estamos quase lá!
No nosso destino! Um novo ano! E estamos prontos pra aproveitá-lo...
E nessa estrada chamada "Ano 2008" muitas coisas aconteceram.
Algumas nos cansaram.
Outras nos entristeceram.
Certamente muitas nos alegraram.
Ficamos perplexos com algumas coisas, que alguns homens ou mulheres foram capazes de fazer contra si e contra o outro.
Se bem que é verdade que muitas coisas bonitas foram feitas por outros homens e mulheres.
Apenas não viraram notícia!
Coisas agradáveis não dão muita audiência.
Sabemos disso!.
E pessoalmente, cada um de nós, caminhou de um jeito nessa estrada.
Muitos viram flores e outros perceberam mais os espinhos.
Alguns foram prudentes e não permitiram que ervas daninhas crescessem em seus corações.
Por isso não cultivaram rancores e nem mágoas.
Tudo muito bem resolvido.
Foram pessoas que sempre olharam para frente e perceberam que tudo é ensinamento...
Outras remoeram algus fatos desagradáveis e cultivaram-no por algum tempo.
Agora, não importa qual foi a sua atitude.
Estamos nos ultimos quilometros dessa viagem!
Prontos para a Nova Estrada chamada 2009!
Com um letreiro grande no seu início escrito "SEJA BEM VINDO!"
Meus queridos que me acompanharam aqui no meu modesto blog, desejo que vossa caminhada seja agradável, as energias renovadas e os sonhos realimentados.
Cada um é capaz de realizar aquilo que acredita e se propõe!
Por isso, vou evitar os chavões!
Você aí, que está lendo, sabe bem o que quer e até onde é capaz de chegar!.
CARPE DIEM!
Algo me diz que 2009 será um verdadeiro espetáculo!
SEU!
Amo vocês todos!
Até 2009!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Arquitetando sonhos....


Hoje é dia do Arquiteto. Dia do Engenheiro tanbém.
.
E o que é arquitetura?
Arquitetura pra mim é a poesia do desenho
A métrica das paredes
A rima das cores e formas
Os versos dos jardins
As estrofes de um sonho realizado
O arquiteto é um artista. Um poeta!
.
Além de artista ele também é um gênio sem lâmpada...
Você chega lá, com suas ideias, buscando o seu modelo de casa..
Aquele que é a sua cara, o seu jeito...
O arquiteto, como um mago, linha após linha
Traço após traço concretiza o que até então era abstrato
E naquelas linhas e traços estão seus sonhos
.
Será ali que você viverá os grandes momentos de sua vida
Seus filhos crescerão
A pessoa amada sorrirá muito ali
Talvez até chore algns dias
Porém tudo acontecerá envolto por essas linhas e traços
.
E como num passe de mágica
Se transformarão em paredes, cores, luzes...
Quadros comporão o ambiente
Flores e plantas alegrarão o seu jardim
Brinquedos para as crianças
Escritório para as "crianças grandes"
Quartos aconchegantes ou românticos
Uma sala onde você passará horas e horas com sua família
Lindo tudo isso, não é mesmo?
.
Graças a magia e o amor do arquiteto por sua arte!
.
Que cada arquiteto receba lindos poemas, de seus clientes e amigos, neste dia!

Aprenda a voar...



Aprender a voar com as próprias asas é muito mais que uma metáfora.
É um conselho sábio.
Aprender a cuidar da própria vida.
Ser responsável por seus atos e percalços.

Chega um momento, em nossas vidas, em que uma voz sussura ao seu ouvido:
"Voa! Agora é contigo!"
E sentimo-nos como pássaros filhotes, soltos pela mãe águia, do alto de um pico, pronto a despencar, espatifar-se no chão. Aí, o milagre acontece! O movimento das asas, o sincronismo, o vôo desajeitado no início.
Em seguida, a sensação de liberdade!

A vida é a nossa mãe águia.
Uma hora, cedo ou tarde, ela nos pega em seus braços, nos leva a um pico, bem alto, e nos solta!
E nós voamos! Nós voamos!
Liberdade!

Tem uma música do Edvaldo Santana, chamada Zensider, interpretada pela Titane, cantora maravilhosa, lá das Geraes, que fala assim:

Aprenda a costurar
As suas próprias roupas
Quando as flores
Forem poucas
Quando a brisa do inverno
Varrer sua casa
Aprenda a voar
Com as suas próprias asas

Em caso de cansaço
Sente-se
Como um tigre
Imóvel
Ao relento
Atento
Ao soprar do vento
Pode ser
Aconteça
Uma flor de lótus
Floresça
Na lama dos seus olhos

Aprender a costurar as suas próprias roupas...
Quando as flores forem poucas...
Lindo isso, né?
Desejo um bom vôo pra você e se a vida o desafia, só lhe resta uma alternativa: aceite esse desafio e voe!
"Pode ser que aconteça, uma flor de lótus floresça, na lama dos seus olhos..."

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Sonho que se sonha só...


Sonhar é bom. Sonhar é muito bom, na verdade! Lá, nos sonhos podemos ser quem queremos ser de verdade. Aventuras infinitas.
Podemos correr muito rápido ou até mesmo voar!
Podemos sonhar em cores ou em preto e branco. Tanto faz!
O que vale mesmo é a grandeza do sonho!
São os sonhos que movimentam a nossa vida.
Podemos ser realistas, centrados, equilibrados, planejadores ou qualquer outra coisa racional
Porém, sem os sonhos, nada disso tem valia.
Essas qualidades todas existem para que possamos colocar em prática, os nossos sonhos.
Então, uma coisa não existe sem a outra.
Algums gostam de chamar seus sonhos de "projetos".
Outros adoram chamá-los de "metas".
Outros chamam seus sonhos de "objetivos".
Existem os idealistas. E para estes o seu grande sonho se transforma em "missão de vida"!
Os românticos chamam seus sonhos de " desejos".
Eu chamo sonho de sonho mesmo!
Independentemente de como você classifica ou nomeia o seu sonho. Viva-o intensamente e aqui vai uma receitinha básica pra que um sonho se concretize:
COMPARTILHAR!
É isso mesmo. A relização de um sonho começa por essa palavra: Compartilhar
Sonho sozinho é devaneio. É dúvida. É loucura!
Quando compartilhamos o nosso sonho, as chances de realizá-los aumentam e muito!
Podemos compartilhar primeiro, com um caderno, uma agenda, uma tela de computador.
Depois podemos compartilhar com aquela pessoa que sempre está ao nosso lado.
Que ouvirá sem nos julgar. Apenas nos emprestará o seu ouvido.
Depois podemos ajustá-los ao mundo real e compartilhar sua realização.
E pronto!
Você logo terá mais um sonho realizado.
Compartilhe!
E como diria Raul Seixas, em sua música Prelúdio:
Sonho que se sonha só
É só um sonho que se sonha só
Mas sonho que se sonha junto é realidade
Então, vamos sonhar juntos?
Eu vou compartilhar com você, que lê agora essas linhas, um sonho meu.
Eu sonhei, esses dias, que seria um grande escritor.
E com meus escritos eu ajudava outras pessoas a sonharem.
Elas conseguiam conhecer outros mundos, outros valores, outras virtudes.
E nesse sonho eu estava muito feliz por ter realizado meu sonho.
Você quer sonhar comigo?
Agradeço de coração. Em meu nome e em nome do meu sonho.
Um grande beijo no coração de vocês e bons sonhos...

CARPE DIEM

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Gentileza gera gentileza..

Gentileza, segundo o Aurélio é:
1. Qualidade ou caráter de gentil; 2. Ação nobre, distinta e amável; 3. Elegância; 4. Amabilidade, delicadeza.
Que tal sermos um pouco mais gentis com as pessoas que nos cercam? A correria que escolhemos para nós, leva-nos a praticar a indelicadeza e a intolerância e, dessa forma, agimos sem a mínima elegância com muitos que passam por nós. Então ó que seria gentileza, na prática?
Bem, na prática é muito simples sermos gentis. E aproveito aqui para dar alguns exemplos de atitudes gentis, no dia-a-dia de cada um:
  • Desejar um bom dia para um vizinho, que acabamos de encontrar, no elevador, nas escadas do prédio, na saída do portão de casa ao invés de ignorá-lo, como se tratasse de mais um objeto na paisagem;
  • Abraçar seus filhos e dizer-lhes o quanto são importantes e o quanto os ama; Abraçar seus pais e falar a mesma coisa ao invés de deduzir qu eles conheçam os seus sentimentos;
  • Desejar boa sorte para aquela pessoa que você sabe que enfrentará algum desafio, em breve (uma prova, um teste, um primeiro dia de emprego, uma cirurgia, etc.) ao invés de pensar que estará incomodando a pessoa;
  • Abrir a porta do carro para uma mulher ao invés de pensar que está sendo antiquado;
  • Carregar as sacolas mais pesadas, para ajudar sua esposa, mãe ou uma senhora ao invés de pensar que elas brigaram por direitos iguais agora devem arcar com as consequencias;
  • Oferecer ajuda a um idoso ao invés de pensar que nunca envelhecerá;
  • Respeitar a dificuldade alheia ao invés de julgar ou caçoar;
  • Evitar piadas preconceituosas e excludentes ao invés de querer bancar o engraçadinho da turma;
  • Auxiliar um deficiente visual ou físico ou mesmo um idoso na travessia de uma rua mais movimentada ao invés de fingir que nem os viu;
  • Elogiar uma criança para seus pais ao invés de ignorá-lo, mesmo ele estando ali sorrindo pra você;
  • Evitar ser inconveniente e/ou desrespeitoso com o outro ao invés de querer sempre dizer as "suas" verdades;
  • Ser solidário ao invés de fechar os olhos para a sociedade;
  • Ser amável ao invés de ser indelicado;
  • Ser carinhoso sempre ao invés de ser frio e distante.

Ou seja ser gentil é muito simples. Basta-nos amar as pessoas como gostaríamos de sermos amados. Então, que tal parar de economizar nos carinhos, elogios e palavras doces? Que tal você ser mais presente na vida das pessoas? Que tal relevar mais? Que tal abrir mão do preconceito e abraçar a gentileza?

Para inspirá-los, segue um trecho da música "Gentileza" de Marisa Monte, feita em homenagem ao simples e lendário "Profeta Gentileza":

"Nós que passamos apressados
Pelas ruas da cidade
Merecemos ler as letras
E as palavras de Gentileza
Por isso eu pergunto
À você no mundo
Se é mais inteligente
O livro ou a sabedoria
O mundo é uma escola
A vida é o circo
Amor palavra que liberta
Já dizia o Profeta"
Àqueles que quiserem saber um pouco mais sobre o Profeta Gentileza, segue o link:
Desejo gentilmente que tenha uma boa semana e carinhosamente espero revê-los em breve!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Pequenas acontecências...


Um sorriso. Você tem noção do que um sorriso pode ser capaz? Um simples movimentar de músculos faciais. Uma expressão. Olhos que vibram junto com o sorriso! Se luminam!
Eu respondo. Um sorriso pode mudar o dia de alguém que o recebe.
Aquele dia, em que tudo deu errado. Elevador. 10 andares. você entre e sorri sinceramente pra outra pessoa. Ela retibrui. Pensa! O dia não está tão dificil assim. Ganhei um sorriso.
Eu chamo o sorriso de uma entre tantas "pequenas acontecências". E a vida é feita disso. Pequenas acontecências. Sempre pensamos que temos que fazer grandiosidades para nos tornarmos heróis para alguém. Precisa não viu. Comece praticando algumas pequenas acontecências e perceba o quanto você pode se tornar herói para alguém...
  • Abraçe de verdade, as pessoas que gosta. Não tenha medo e muito menos vergonha. Um abraço pode mudar o dia de muitas pessoas...
  • Olhe nos olhos....Como um olhar pode fazer falta
  • Deseje bom dia para as pessoas que cruzam o seu caminho. De preferência, acompanhado de um sorriso sincerto e cordial
  • Agradeça ao caixa do supermercado por atendê-lo. Agradeça ao empacotador de suas compras.
  • Ofereça ajuda para um idoso ou deficiente.
  • Sorria sinceramente para uma criança. Aliás, jamais a ignore. Elas adoram sorrisos. Mesmo os desajeitados. Basta ser sincero.
  • Seja gentil com seus familiares. Principalmente com os mais velhos.
  • Ouça atentamente aquele que lhe procura. Muitas vezes, ouvir é uma grande ajuda.
  • Evite reclamar de tudo e de todos.
  • Seja paciente com os mais velhos e com aqueles que pensam diferente de você.
  • Respeite os idosos e ajude-os, quando for necessário e possível.
  • Trate com dignidade os portadores de alguma deficiência ou limitação. Jamais sinta pena. Eles precisam de respeito.
  • Valorize os acertos alheios. Estimule as conquistas. Principalmente das crianças!
  • Proteja a natureza. Crie hábitos ecologicamente saudáveis.
  • Seja tolerante com o erro alheio
  • Doe sangue, se estiver apto. Você pode salvar vidas! Pelo menos quatro, a cada doação.
Viu, como é fácil tornar-se herói? Então sinta-se convidado a praticar as pequenas acontecências. Elas podem acontecer aqui, ali, acolá ou aí mesmo, pertinho de você...
Depois nos conte aqui, como foi praticar uma delas ou todas ao longo dos dias!
Espero revê-los em breve!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

"Santa Catarina - tem algo muito grave acontecendo"

As tragédias são por si só inaceitáveis. E uma das principais razões para não entendermos ou aceitarmos as tragédias é que ela nos mostra o quanto somos impotentes. O quanto somos dependentes de tudo. Uns dos outros. Da natureza.
E o quanto somos responsáveis, numa tragédia?
O que estamos vendo em Santa Catarina é algo que ao mesmo tempo que é alarmente, é incrível. Quantas pessoas se mobiizando em prol das famílias. Dos salvamentos. Das reconstruções das cidades. Sim. O homem é assim. Ele destrói sem pensar e ao mesmo tempo ajuda, sem medir consequencias e esforços. E são nas crises ou tragédias que conhecemos o quão grande é o poder de superação de uma pessoa, de um povo.
A natureza não tem culpa. Nem o acaso. Nem a providência divina. Acreditem. Tudo que estamos passando lá em Santa Catarina é culpa nossa. De cada um de nós. Que poluímos, que desmatamos, que invadimos terras, que entramos em reservas, que nos calamos e o pior, fechamos os olhos. A pior falta de todas, que um homem pode cometer é essa: A da omissão.
O omisso é pior que o mentiroso. Ele é pior que aquele que agride o meio-ambiente. Ele é omisso!

Segundo o dicionário, omissão é a conduta pela qual uma pessoa não faz algo, apesar de ter todasa as condições para fazê-lo.

Ou seja, o cidadão não assume um posição de vilão, por exemplo o desmatador. Ele simplesmente deixa as coisas como estão, mesmo podendo fazer algo. Por exemplo, denunciar, ou não comprar um produto pirateado, não impedir que um direito seja violado.

Meus queridos, quando algo acontece, temos que ser duros consigo mesmo. Temos que fazera mea culpa.

O planeta agoniza. E ainda continuamos andando cada um num veículo, mesmo morando todos na mesma casa e indo praticamente para o mesmo destino. Continuamos comprando coisas e mais coisas descartáveis e não reciclamos. continuamos Desperdiçando recursos naturais. Continuamos ignorando sinais da natureza, como os de agora.

A gente tem problemas? Certo! Vamos pensar naquele que perdeu um ente querido, um pai, uma mãe, um fiho, uma família inteira soterrada? E aquele que não tem mais sua casa, suas coisas, que está num abrigo, com centenas e centenas de pessoas na mesma situação. Que dependem da solidariedade para seguir. Imaginem como está a cabeça de uma crianca de 4 anos, que tinha tudo. Tinha sua vidinha simples. Tinha uma família.

O macro ambiente está grave, porém é no micro que tudo acontece. É na cabeça de um pai de família, de uma mãe que perdeu seu companheiro, num filho que perdeu seus brinquedos e seu companheiro de brincadeiras que está a gravidade dessa situação.

As cidades serão reconstruídas. As casas também. E o que será que acontecerá com cada uma dessas pessoas, que precisam do nosso amor e nossa força agora?

Ao lado, tem um link da DEFESA CIVIL DE SANTA CATARINA. Lá tem todas as informações necessárias para quem quiser ajudar de alguma forma. Ajudemos!

Lembre-se de uma coisa. Inclua, todas as noites, nas suas preces ou eleve o seu pensamento para que essas pessoas sejam confortadas e reconstruídas. Elas são mais importantes que as cidades. Acreditem!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...