quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Aprenda a voar...



Aprender a voar com as próprias asas é muito mais que uma metáfora.
É um conselho sábio.
Aprender a cuidar da própria vida.
Ser responsável por seus atos e percalços.

Chega um momento, em nossas vidas, em que uma voz sussura ao seu ouvido:
"Voa! Agora é contigo!"
E sentimo-nos como pássaros filhotes, soltos pela mãe águia, do alto de um pico, pronto a despencar, espatifar-se no chão. Aí, o milagre acontece! O movimento das asas, o sincronismo, o vôo desajeitado no início.
Em seguida, a sensação de liberdade!

A vida é a nossa mãe águia.
Uma hora, cedo ou tarde, ela nos pega em seus braços, nos leva a um pico, bem alto, e nos solta!
E nós voamos! Nós voamos!
Liberdade!

Tem uma música do Edvaldo Santana, chamada Zensider, interpretada pela Titane, cantora maravilhosa, lá das Geraes, que fala assim:

Aprenda a costurar
As suas próprias roupas
Quando as flores
Forem poucas
Quando a brisa do inverno
Varrer sua casa
Aprenda a voar
Com as suas próprias asas

Em caso de cansaço
Sente-se
Como um tigre
Imóvel
Ao relento
Atento
Ao soprar do vento
Pode ser
Aconteça
Uma flor de lótus
Floresça
Na lama dos seus olhos

Aprender a costurar as suas próprias roupas...
Quando as flores forem poucas...
Lindo isso, né?
Desejo um bom vôo pra você e se a vida o desafia, só lhe resta uma alternativa: aceite esse desafio e voe!
"Pode ser que aconteça, uma flor de lótus floresça, na lama dos seus olhos..."

Um comentário:

Luciana disse...

"Chega um momento, em nossas vidas, em que uma voz sussura ao seu ouvido:
'Voa! Agora é contigo!'


Há uma voz a sussurar isso para mim o tempo todo...muda-se a tonalidade, muda-se o tom... mas é sempre ela a me dar coragem! Lindo texto!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...