segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Escrever é vestir os pensamentos


Escrever é algo surpreendente! Vocês concordam?
Escrever é compartilhar. É dividir. Entregar nossos pensamentos ao próximo.
Muitas vezes, entregar nossos sonhos aos mais distantes.
Afinal, quem escreve, o faz para alguém. Nem que seja pra ele mesmo.
Enxergar seus pensamentos por um outro ângulo.
A ótica da escrita. Da idéia vestida. Envolvida.
Abraçada pelas palavras.

Escrever é abraçar carinhosamente os pensamentos.
Aquele afago, onde cada palavra busca a beleza!
Confortar o pensamento!
Que pede pra vir ao mundo, de maneira nobre!

Já imaginou quantas coisas ficavam represadas, em um ser, antes da escrita?

Eu sei. Você poderá pensar: - Ah! Mas existia a fala!

E aí eu te pergunto: - A gente fala tudo o que pensa? Nem sempre, não é mesmo? É mais comum a gente falar sem pensar, mesmo!

Escrever pra mim é algo expontâneo e natural. É como respirar. Envolver meus pensamentos em palavras, versos e prosas.

Adoro escrever. De verdade! Sou apaixonado pela escrita.
Adoro ler também. Principalmente as coisas bem escritas. E pra mim "bem escrito" está ligado a algo verdadeiro, intenso, enfim, algo de dentro. Pode vir de um escritor desconhecido. De alguém bem simples ou de alguém de grande importância no cenário literário. 
...
Ando apaixonado por Machado De Assis e Manoel de Barros, ultimamente. Excelentes!

Sem contar que existem coisas ótimas por aí, escondidas em revistas, jornais, blogs e por aí vai.
...
Tem algo mais romântico pra um pensamento do que ser vestido por letras num papel. Papel de verdade. Onde enquanto o pensamento flui o a letra é desenhada por aquela mão. Pode ser uma carta. Um poema. Uma linda história!
...
Eu ainda escrevo minhas poesias num caderno. Numa folha. E só depois digito-os. É como se a inspiracão necessitasse de minha mão, da tinta da caneta, de uma folha em branco pra vestir meus pensamentos. Meus devaneio poéticos. Minhas viagens.
...
Eu tenho poesia escrita em guardanapos de restaurante, em toalha de mesa (que mesmo depois de transferido para um computador, teimo em guardá-los, amarelados) e num pedacinho qualquer de papel.
...
E escrever é usar palavras que todo mundo usa, sob um novo prisma. Sobre escrever, falou Manoel de Barros, num trecho de "Retrato quase apagado em que se pode ver perfeitamente nada", do livro "O Guardador de Águas"
...
V
"Escrever nem um coisa
Nem outra
- A fim de dizer todas
Ou pelo menos, nenhumas

Assim ao poeta faz bem
Desexplicar
- Tanto quanto escurecer acende os vaga-lumes...
...
...VII
O sentido normal das palavras não faz bem ao poema.
Há que se dar um gosto incasto aos termos.
Haver com eles um relacionamento voluptuoso.
Talvez corrompê-los até a quimera.
Escurecer as relações entre os termos em vez de aclará-los.
Não existir mais rei nem regências.
Uma certa luxúria com a liberdade convém."
...

Bem é isso. E por falar em ecrever, andam escrevendo muito sobre Barack Obama. Que os pensamentos vestidos em palavras sobre esse moço, que já deixa sua marca na história mundial, sejam traduzidos em grandes feitos e que os pensamentos futuros sejam belos e serenos.
...
Até a proxima escrita!
...
CARPE DIEM

Um comentário:

Aninha *** disse...

e por falar em escrever ...com vc escreve ,hein ,mas escreve bem , ainda bem !!! acho sim e concordo q a melhor escrita tah no papel ...ali q saem as verdadeiras (ao meu ver)palavras de momento de inspiração...

bjus

Aninha ***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...